sexta-feira, 8 de junho de 2012

Irmã Maria e Mr. Bernie Madoff. Alguma coisa em incomum!

Irmã Maria e Mr. Bernie Madoff. Alguma coisa em incomum!

Pobreza. Riqueza. Alegria. Tristeza.

Dois personagens. Um no Brasil e outro nos EUA.

O primeiro era pobre. O segundo era Milionário..

Os dois tinham um objetivo. Não era o mesmo.

O primeiro personagem, vivia em uma favela no estado do Rio de Janeiro, no bairro com o nome de Vilar dos Teles. Era uma ladeira difícil até a sua residência.

Quando chovia, não era tão difícil, subir aquela ladeira. Era impossível, descer ou subir a ladeira de barro.

O seu nome, era Maria. Não consigo, recordar-me, o seu sobrenome, mas recordo-me do seu desejo: ir morar no céu, com o Senhor Jesus Cristo.

Orava, intercedia por vários irmãos, que não sabiam o que fazer, em muitos momentos de suas vidas, e ali estava, a agora, saudosa irmã Maria.

Sempre sorridente, agradecia a Deus pela salvação e a possibilidade, do perdão pelos pecados, e a sua tentativa em socorrer com suas orações a tantos necessitados. Alguns até mesmo com a situação econômica estável.

Eu a vi, ofertando do seu dinheiro, pouco dinheiro, para um irmão que não tinha em suas mãos a passagem para pagar o transporte, na volta para a sua residência, e Deus a usou em profecia, informando que em poucos dias, estaria abrindo uma porta de trabalho. A porta se abriu! Poucos meses depois, ao voltar, com presentes e informar o que Deus fez, aconteceu outra profecia – de Deus – informando que o seu salário seria duplicado em 2 semanas. Aconteceu! O salário foi duplicado.

Não tenho dúvida do ocorrido. Não duvido nem um pouco. Este era eu. Não era outro.

Talvez muitos, não se recordem do seu sobrenome, mas, com certeza, não esquecem que ali estava uma mulher de Deus. Não queria ser pastora, nem bispa e, muito menos, creio, o seria uma apóstola. Era somente serva, daquelas que não se pode esquecer nunca.

As suas paredes eram de cortinas, que dividiam os espaços da casa. Hoje, ela está em um local preparado por Deus. Local em que não há, a preocupação com a traça, e muito menos com a ferrugem. Era o seu desejo, e a vontade de Deus, tê-la junto a si. A recolheu antes do nosso tempo. Era o seu tempo. O tempo de Deus, porque já havia uma morada especial à sua espera.

Saudades ficaram. O barraco ficou. A saudade marcou presença. Ela se foi. Ela, a irmã Maria, está em boas mãos!

O segundo personagem, não o conheci pessoalmente, mas muitos dos que perderam os seus investimentos, não somente o conheceram, mas sentem ódio, desprezo, impotência em como proceder para recuperar os seus investimentos confiados ao ser humano, conhecido e detestado, como Mr. Bernie Madoff, poderoso bilionário, ex-Chairman da famosa NASDAQ, possuidor de aviões, mansões em várias partes do mundo, limusines, coleção de automóveis, obras de artes, muitas jóias e...um coração sem Deus.

Não conhecia o que a irmã Maria conheceu, e muito menos o que ela está sentindo diante de Deus.

Hoje, a irmã Maria possue a liberdade, foi conhecida como uma serva de Deus, e o segundo personagem possui a prisão pequena, sem espaço, e a possibilidade de estar ao Sol, ao menos três vezes por semana.

Enquanto que ela, a irmã Maria, está diante da verdadeira Luz, e não precisa mais de Sol, porque o Senhor é a sua Luz.

Hoje, Mr. Bernie Madoff, é conhecido como o Rei do Fraude, e já foi conduzido à prisão, o que permanecerá até o último dia da sua vida, porque a sua vida, não mais lhe pertence. Possue hoje, o horário para acordar e dormir, bem como, seu almoço e jantar, na mesma hora de sempre e sem nenhum custo.

A lembrança do seu nome causa arrepios e tristeza profunda em quem acreditou nele. E o seu nome será lembrado como o que não se preocupou em deixar uma marca. Uma boa marca. A marca que a irmã Maria deixou, bem gravada nos corações dos servos de Deus.

A oportunidade não é mais necessária a irmã Maria, que a aproveitou e ganhou com sua dedicação a Vida Eterna. Para Mr. Bernie Madoff, por incrível que pareça e, é difícil acreditar, e muito menos por quem perdeu todas as suas poupanças e investimentos de milhões ou bilhões, que ele, o segundo personagem possa recuperar pelo menos, a possibilidade de vir a morar nas moradas preparadas por Deus.

A sua vida será de preso, e somente estará livre, para a oportunidade em reconhecer o nosso Senhor Jesus Cristo, como Salvador. Mesmo assim, a sua marca permanecerá na vida dos seres humanos. Os mesmos que foram enganados por seu fabuloso intelecto.

Cuidado! A vida eterna possue um valor impossível de ser avaliar conforme escrito em Mateus 16:26:
 
"Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?"
 
O menor de todos os menores.

2 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Navegando pelos blogs encontrei o seu, me deixou maravilhado pelo que escreve, também é uma bênção para mim. Gostei de poder encontrar seu blog e poder ver e ler o que está a escrever, e pela escrita, pode-se notar seu amor para com o próximo, e para com O Senhor Jesus. Que Jesus continue a derramar Sua bênçãos sobre sua vida. Obrigado e as maiores bênçãos de Deus para si e família. António Batalha.

disse...

Olá pastor, espero que esteja bem com sua família.
Este seu artigo me fez lembar da parábola do Rico e Lázaro. Um estava com o Senhor enquanto o outro que ja havia ganhado sua vida aqui, estava em prisões eternas. Espero que o Mr. Bernie Madoff não venha conhecer esta prisão eterna. Muito bom o artigo, gostei muito!