terça-feira, 19 de agosto de 2014

Recebi um COMENTÁRIO de Victor na matéria anterior... e o reproduzo aqui para alguns exclarecimentos...

Agradeço, Victor, seu comentário. E, certamente, possuidor de diversas experiências com as coisas de Deus.

Segue o seu comentário abaixo italizado, e em negrito, logo a seguir, para conheceres com simplicidade a minha a posição, descrita, entre as suas linhas:

Graça e Paz !! Amado irmão, como o titulo diz vc escolheu crer no Senhor Jesus, então vejo que o irmão é adepto da "teologia do Gerson", aquele que é muito esperto e sempre leva vantagem em tudo.No meu caso especifico, eu não escolhi crer, porque estava morto em delitos e pecados, incapaz de buscar a Deus,não pude cooperar com minha salvação, como no caso do irmão,mas mesmo sendo um miserável pecador,destinado ao inferno, na Sua soberania,escolheu me salvar,note bem sem minha ajuda.Esta minha posição teológica é erroneamente identificada como calvinismo, mas na verdade é Paulina e portanto legitimamente bíblica.Abs

Victor: Graça e Paz !! Amado irmão,
Newton: Graça e Paz, amado irmão Victor,

Victor: como o titulo diz vc escolheu crer no Senhor Jesus,
Newton: Sim, Victor, pois, Ele o Senhor Jesus Cristo se entregou por cada um de nós, para que, todos os que nEle creem recebam na oportunidade o direito à Salvação.

Victor: então vejo que o irmão é adepto da "teologia do Gerson", aquele que é muito esperto e sempre leva vantagem em tudo.
Newton: Caro Victor, não sou esperto e não desejo levar vantagem em nada a não ser resistir na escolha certa e lutar para ser fiel até a morte. Sê fiel até a morte e dar-te-ei a Coroa da Vida.

Infelizmente muitos creem nas história que induzem a todos a crerem que o Senhor nosso Deus em sua misericórdia e bondade decidiu por favoritismo estranho escolher uns para residir no inferno e outros no céu. Estranho!

Mais interessante é o seu discernimento basado na sua experiência em afirmar que descobriste que sou adepto da Lei de Gerson. Interessante partir esta afirmação de um advogado. e um pouco mais, bem sabemos que, com muita dificuldade nos dias de hoje, um advogado conseguirá em sua profissão caminhar para o lugar dos que forem salvos. É difícil exercer a profissão de Advogado na qualidade de crente, mediante tantas necessidades diante da justiça. Bem este é outro caso!

Victor: No meu caso especifico, eu não escolhi crer, porque estava morto em delitos e pecados, incapaz de buscar a Deus,não pude cooperar com minha salvação, como no caso do irmão,mas mesmo sendo um miserável pecador,destinado ao inferno, na Sua soberania,escolheu me salvar,note bem sem minha ajuda.
Newton: No meu caso, e nos demais casos que reconheceram Jesus Cristo como o Salvador, sentiram o mesmo. Eu escolhi crer por também estar morto em meus pecados, conforme a palavra que nos informa: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; (Romanos 3:23)

Victor: Esta minha posição teológica é erroneamente identificada como calvinismo, mas na verdade é Paulina e portanto legitimamente bíblica.Abs
Newton: Respeito a sua posição teológica e nunca diria por respeito a você que foi apenas um aproveitamento seu qualquer relacionamento com a Lei de Gerson.

 Abs e paz!

Newton - o menor.

Não sou Calvinista e nem Arminiano, sou apenas de Cristo - o que morreu, ressuscitou e sem preferência alguma, por ciclano ou beltrano, nos deu o direito de escolha: A vida ou a morte. Eu escolhi a VIDA!

2 comentários:

victor disse...

Graça e Paz, irmão.
Pretendo continuar nossa conversa tão logo seja possível. Estou na iminência de completar 62 anos, e passando p/uma bateria de exames (sou safenado. Portanto, me aguarde,um Soberanista (aquele que defende intransigentemente a soberania do Senhor)jamais foge a luta !!! rs
P.S. vamos falar sobre a deselegância de chamar calvinistas de hereges ,e profissões que não com combinam com a fé evangélica,como por ex.advocacia,claro segundo a óptica do pr.Carpinteiro, especialista na matéria. rs
Talvez possamos conversar p/Skype.Apesar de arminiano, eu te amo e respeito em Cristo Jesus.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Nesta sexta, caro irmão Victor, fareo meu comentário... uma lembrança: não sou arminiano... rs...