terça-feira, 8 de abril de 2014

O meu coração chora!

A igreja Calvary Chapel, na Cidade de Fort Lauderdale no Estado da Flórida, acabou de sofrer um grande dano.

Transmito esta notícia com muito pesar e lágrimas em meus olhos, e que sirva de alerta para os líderes em todo o MUNDO, para desistam de uma vez por todas, com a criação de MEGAS IGREJAS.

O seu fundador há 29 anos, pastor Bob Coy, confessou que pecou moralmente contra a igreja, e assim, foi designado ao afastamento do cargo.

Anos de dedicação foram empregados na construção desta Mega Igreja, com sua belíssima escola, com vários níveis de ensino. O ocorrido marcou a vida de muitos seguidores, que dedicaram a sua confiança em Deus, através dos seus ensinos, e na construção de uma estrutura que marcou física e espiritualmente o Sul da Flórida no Condado de Broward, e atendendo à milhares de crentes em diversas cidades com as suas congregações.
Anos de dedicação, foram derrubados por um momento, em que o homem, mais uma vez, não conseguiu recusar o pecado moral contra Deus. Esta é mais uma lição de vida e de grande advertência, que deve ser colhida neste momento em que muitas lágrimas são enxugadas com muita tristeza por esta marca feroz, que marcou a vida dos que assiduamente assistiam as suas pregações.

Uma grande maioria, não conseguiu, sem sombras de dúvidas, conciliar o seu sono mediante a brutal notícia que marca de forma nítida, o quão sujeito ao pecado é o ser humano e a plena necessidade de vigiar constantemente, diante das ofertas do príncipe deste mundo, bem conhecido pela sua característica por ter em sí mesmo a necessidade de matar, roubar e destruir.

Não devemos confiar nunca em nossa própria força. O crente deve fugir do pecado. Correr do pecado, o mais que possa, e com o máximo de velocidade. Nunca enfrente o pecado crendo na sua força pessoal, ou nas experiencias passadas de grandes vitórias.

É importante lembrar dos muitos personagens da Bíblia, que cairam e se entregaram ao pecado, bem como, alguns líderes que envergonharam o evangelho, por todo o mundo, e hoje pagam um preço terrível, em que a cobrança é por vezes sentida como uma dor inqualculável e por vezes com irreparáveis consequências. Sem falar na Família dos que se entregam ao pecado.

Corra o mais que puder do pecado à sua frente. Não brique com o pecado.

Um ALERTA: Corra do pecado. O pecado vem de mansinho. Seja um crente covarde!

O menor

2 comentários:

Juber Donizete Gonçalves disse...

Caro Pr. Newton,

Sua postagem me lembrou de uma pregação que ouvi em 1984, quando o Pr. Takayama fez uma cruzada em nossa cidade. A pregação era baseada na história de Sansão, e o título que eu nunca esqueci: "Não brinque com o pecado!"

Um abraço.

António Jesus Batalha disse...

Na minha mensagem lá no peregrino e servo falo disto.Isto arde em nosso coração, e o pecado não perdoa, mas Jesus perdoa, sei que os homens têm mais dificuldade em perdoar. Eu estava me lembrando de David como ele pecou e como Deus lhe perdoou. Mas gostaria de frisar uma coisa é pecar outra é viver no pecado.
Deixo a Paz de Jesus.
António.
Peregrino E Servo.