segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Você anda PREOCUPADO todos os DIAS?



Risos!

Pare e imagine o que passou com você até o dia de ontem.

Pense e avalie o quanto ou quantas preocupações, passaram e o envolveram, pelos anos de sua vida, até o dia de ontem. Isto sem falar nos dias da tua meninice em que esquecestes de muitos detalhes, como o brinquedo perdido, a chuva nos dias de praia, o doce antes da hora do almoço, não permitido, a hora de acordar para ir a escola, a vontade de um brinquedo mais caro e sem necessidade, .....e por aí vai.......


Mateus 13:22: "E o que foi semeado entre espinhos é o que ouve a palavra, mas os cuidados deste mundo, e a sedução das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera;"

Fica uma pergunta: valeu a pena, ter-se preocupado na expectativa de soluções que chegaram a contento ou de outras que foram verdadeiros milagres?

Mateus 16:26: "Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?"

Incrível saber que até o dia de ontem, convivemos com experiências que, francamente, deveria ser o caminho, de não sentirmos tantas preocupações, pela instrução e pela base bíblica que nos ensina a confiar e a vivenciar as demonstrações de milagres e zelo, expostos na Palavra de Deus, que nos afirma e confirma, a sua total soberania e controle, sobre a nossa vida, e as experiências, que nos fortalecem pela sua bondade e misericórdia a cada momento em que nos sentimos lisonjeados por seus cuidados.

Mateus 6:34: "Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal."

O dia de hoje, nos apresenta uma nova possibilidade em conhermos poderosamente o nosso Deus, com a perspectiva e a confiança, depositada em suas mãos, nos dias de até ontem, e na certeza que a nossa vitória estará sempre diante de nossos olhos, quando olharmos realmente para o alto, nos posicionarmos com confianças e contemplarmos que a sua vontade soberana, está totalmente acima do limite da nossa vontade finita.

A determinação em confiar em seus cuidados, no momento exato em que foge a nossa capacidade de avaliação, sobre qual é realmente o limite da nossa fé, nos permitirá ir ao encontro da divisão afiada de como devemos atuar ou não, de acordo, com os nossos propósitos e firmeza diante de Deus. Isto virá da nossa compreenssão da nossa fraqueza e da dependência total ao Senhor.

O crente não deve limitar a atuação de Deus, com o livre arbítrio entregue em nossas mãos, e sim, deixá-lo atuar em sua proposta significativa em nos prestigiar com a possibilidade em visualizarmos o impossível, bem diante de nossos olhos. Isto é milagre!

Entenda! O dia de hoje, é um milagre em nossa vida. Viva-o com louvores e gratidão ao Senhor. Ele é bom e a sua misericórdia dura para sempre.

Provérbios 27:01:  "Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que ele trará."

O nosso amanhã poderá ser o resultado de nossa vida, até o dia de ontem, e o dia de amanhã, poderá ser o resultado exclusivo do seu dia de hoje.

Escolha o dia de hoje para exaltar ao Senhor Jesus Cristo, a cada momento, com firmeza e atitude de embaixador, pois, o dia de amanhã também será o dia chamado hoje.

Breve os nossos "amanhãs", terá um só nome: Eternidade! Viva esta verdade neste dia. Viva hoje a sua Eternidade!

O meu Riso ou Sorriso acima no início desta matéria, não informa que a minha vida é uma maravilha sem problemas diversos de quem deseja agradar a Deus. Apenas informa que o Deus Maravilhoso me faz sorrir no meio da adversidade.

Maranata!

O menor de todos os menores.

5 comentários:

Alberto Couto Filho disse...

Menorzão,

Paz

Simplesmente esplêndido este seu texto.
It's wonderful!
Alberto

Fruto do Espírito disse...

A Paz de Cristo,
Pr. Newton

Muito bom seu texto!
Reflexivo... exortando em amor, mas também consolador.
Postei no meu blog uma série pequena sobre a Volta do Senhor Jesus e gostaria muito de receber sua visita e comentário.

Fraternalmente
Em Cristo,
***Lucy***

Geovani Santos disse...

A paz do Senhor Jesus, nobre pastor Newton!

Excelentes e sóbrias palavras! Conduz-nos a meditações sérias e pertinentes sobre o tempo em que vivemos, denominado pelo apóstolo Paulo de "tempos trabalhosos"(2Tm 3.1).Dias esses que já evidenciamos incontestavelmente em nossa geração. Não precisamos ir muito longe para atestarmos isso,pois é uma verdade "nua e crua" que só nos faz estar mais alertas para a "Parousia". Já não resta, creio eu, muito tempo para a verdadeira Igreja de Jesus aqui. Já nos sentimos sufocados com o fluxo cada vez maior de podridão que tende aumentar à medida que os homens se tornam cada dia mais reprováveis em seus comportamentos e atitudes. O escritor Norbet Lieth em artigo na revista "Chamada da Meia-Noite", declarou que as fronteiras de Sodoma e Gomorra há muito foram ultrapassadas. Isso implica dizer que o grau de malignidade é maior e recrudesce desenfreadamente. Este é um sinal obvio que estamos próximos de um desfecho escatológico. Somente uma intervenção do alto pode por fim a este quadro de apostasia reinante e flagrante de nossos dias.

Portanto, clamemos ao céu e imploremos por aqueles que ainda estão longe de Deus e fora da "arca", porque o juízo está vindo aí. Pedro declara categoricamente que este julgamento primeiro vai alcançar a igreja, para só depois afetar o mundo. Ele declara: " Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e, se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus? (1Pe 4.17). Este julgamento contra a Igreja será implacável, pois chegará a hora decisiva da verdade. Deus conhece os que são seus em meio a multidão de joio sem fim. Isso nos enche de gozo, mas também nos dá ainda um maior senso de responsabilidade premente que nos enche de tremor e temor. Diante de tais verdades e de tais acontecimentos devemos agir com vigilância e sobriedade, tendo sempre em mente que a qualquer momento não estaremos mais aqui neste mundo fadado ao ocaso, mas na Glória com os santos.

Quanto ao amanhã, somos exortados pela Palavra a não nos preocuparmos com ele. Que cada dia baste o seu mal (Mt 6.34). Vamos olhar para frente e erguer a cabeça para cima e fitar os olhos Nele, a razão de nossa esperança, e "aguardar novos céus e nova terra nos quais habitam a justiça" (2Pe 3.13).

Naquele dia, segundo a Palavra, Ele enxugará de nossos olhos toda a lágrima ( Ap 21.4). Será o ápice de nossa vocação e o suprassumo de nossa bem-aventurança. Mantenhamo-nos firmes, as angústias de hoje redundarão em avultado galardão no porvir. Lembremo-nos do clássico verso de um dos hinos da Harpa Cristã: "terminada a luta estarei onde, as saudades não mais chegarão".


No temor do Senhor,

Geovani F.dos Santos

Anônimo disse...

Eu considero as preocupações algo normal. Isso nunca me atrapalhou em nada. Acordo e durmo preocupado, isso é da pessoa.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro Anônimo,

A paz!

As preocupações irão exister a cada dia, e dia após dia.

Devemos no final de cada dia, mesmo que não consigamos dormir pelas preocupações (várias vezes fiquei acordado quase a noite toda), olhar para os céus e dizer: Senhor a minha vida é tua e as suas misericórdias são a causa de não sermos consumidos.

Diante das tribulações devemos exaltar ao Senhor com constãncia e com a coragem, pelo entendimento que tudo, concorre para o bem dos que amam a Deus.

O Senhor seja contigo,

O menor.