quarta-feira, 18 de julho de 2012

Mulher PASTORA! Fuja desta ARMADILHA!

Estou impressionado com a preocupação e o interesse de uma grande maioria na mudança de posição com a aceitação das Mulheres no poder e no comando da igreja.

Esta modalidade está sendo realizada com mais frequência, e muitas "irmãs", encontram nesta oportunidade a "chance de agradar a Deus com os seus dons", porque os seus maridos são dominados - por elas.

Muitas assumiram, com certeza, a posição de cabeça do lar, ou através dos muitos líderes(?) de várias igrejas, que desejam agradá-las, e assim, desagradam a Deus.

Muitos dos quais, aceitam músicos e pregadores com brincos, tatuagens (após a conversão), e outra algazarras a mais. Prefiro neste momento me calar.

Sugestão de muitos: Mulheres devem ter a coragem e a sensibilidade de não errar, onde os homens erraram! E, assim devemos concordar com cargos de pastoras, bispas e apóstolas. Elas serão melhores que os homens.

Minha sugestão: Pouco confusa esta afirmação, porque homens erraram e mulheres erraram, e os dois continuarão com seus erros, com coragem ou não, e com a falta de sensibilidade ou não. Afinal, a sensibilidade das mulheres, se perde, com a necessidade de possuir um cargo, declaradamente fora da autoridade bíblica.

Sugestão de muitos: O que poderíamos temer com a entrada das mulheres no ministério?

Minha sugestão: Existe uma defesa dirigida as mulheres por alguns homens, interessados em quê? E por quê? Este é um desafio que agride a Palavra de Deus!

Não existe concorrência, e sim, um desvio de conduta da mulher, ocasionada pelo homem responsável -ou irresponsável- em seu ministério, sem a plena orientação do Espírito de Deus em concordância com as orientações da Bíblia.

O que não foi excelente em dois mil anos, o querem fazer excelente no final dos tempos.

As mulheres em breve ocuparão os bispados e os apostolados. Afinal, quem não deseja o poderoso(?) título de apóstolo?

Nesta escolha, os homens estão errando, e as mulheres também errarão. Os dois, os homens e as mulheres, são vaidosos.

A vaidade, o orgulho e a soberba, pertencem aos homens e as mulheres. Os homens e as mulheres são soberbos e se destroem pelos títulos que exaltados pela vaidade são como pedras de tropeços.

Apenas uma pequena reflexão em I Coríntios 11:3: "Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, e o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo."

Muitos líderes estão forçando uma tentativa em suas adaptações ministeriais, e esquecem do Evangelho com Simplicidade. Triste!

Os ministérios que vigiem, pois, a cilada está armada. Você sabe por quem?

Uma dica: Não é por Deus! É você quem decide: Errar ou acertar.

Maranata!

O menor de todos os menores. Um Tradicional Pentecostal.

33 comentários:

marcoaurelioadv.com.br disse...

Pastor, nunca consegui encontrar respaldo biblico para tal situação. Acredito na chamada de algumas mulheres, e sua liderança em determinadas áreas. Mas nessa em específico, hum...não, não me convenci, não me convenço.
Paz.

Fruto do Espírito disse...

Paz, Pr. Newton.

Toda mulher (serva e adjuntora) tem seu valor, e é essencial no Corpo de Cristo; haja vista a importância de suas orações intercessórias, a partir de sua própria família e estendendo-se aos demais membros da comunidade cristã.
Todavia, é falta de entendimento das Escrituras o querer auto denominar-se "pastoras"; pois, aqueles por quem elas são "ordenadas" ao ministério pastoral, não tem autoridade espiritual para tal ato; já que, não se pode validar aquilo que a PALAVRA (N.T.) desaprova.

Em Cristo,

***Lucy***

Antonio Gilberto Vieira Junior disse...

"As mulheres estejam caladas nas igrejas; porque lhes não é permitido falar; mas estejam submissas como também ordena a lei.
E, se querem aprender alguma coisa, perguntem em casa a seus próprios maridos; porque é indecoroso para a mulher o falar na igreja.
PORVENTURA FOI DE VÓ QUE PARTIU A PALAVRA DE DEUS? Ou veio ela somente para vós?
SE ALGUÉM SE CONSIDERA PROFETA, OU ESPIRITUAL, RECONHEÇA QUE AS COISAS QUE VOS ESCREVO SÃO MANDAMENTOS DO SENHOR.
Mas, se alguém ignora isto, ele é ignorado.”
1 Co.14:34-38

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro pastor Marco Aurélio,

A paz amado!

Se encontrar me conte, por favor, quem sabe estamos errados?

Enquanto não encontramos respaldo, creio que devemos anunciar esta falta de respeito as orientações de Deus.

O Senhor seja contigo,

O menor.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Prezada irmã Lucy,

A paz amada!

A mulher é extremamente importante na igreja, se proceder conforme a palavra de Deus nos ensina, se não, não adianta pular e saltar ou esperneiar.

A minha esposa não pussui títulos e não os deseja de forma nenhuma.

Nada a impede de realizar o que Deus tem colocado como propósito em seu coração.

O Senhor seja contigo,

O menor.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro Antonio Gilberto,

A paz amado!

O mundo tem sido colocado de pernas para o ar. Muitos da liderança, se perderam por não seguirem as orientaçãos de Deus.

Infelizmente, a quantidade de néscios pastores, produzem a arnaquia e a inconsistente massa de pastoras que seguem os caminhos das delegadas, motoristas de ônibus, garis, motoristas de caminhões, e assim, deixam de realizar o que é verdadeiramente contudente na vida das mulheres. Principalmente das que são servas com honra de Deus.

Muitas deixaram de servir a Deus com simplicidade para ocuparem cargos que as elevem ao poder e, infelizmente, ao poder dos homens.

O Senhor está atento para as que valorizam o poder da palavra, e se entregam de corpo e alma, à sua família, à sua igreja e ao nosso Senhor com a responsabilidade, bem descrita, na palavra de Deus.

O Senhor seja contigo,

O menor.

Joao Augusto Oliveira disse...

O mais engraçado diante de tudo isso é que os "teólogos da modernidade" tentam desacreditar da Bíblia, quando afirmam que as orientações do apóstolo Paulo, concernente a posição da mulher na igreja, era uma "instrução" apenas para os seus dias.
Porque tudo o que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenhamos esperança. Romanos 15.4

Blog do Wéllykem disse...

Pr Newton, para aqueles que defendem o ingresso de mulheres no ministério, deixo a dica de leitura do livro de John Piper e Wayne Grudem - HOMEM E MULHER. No Brasil a edição é da Editora FIEL. Em inglês o título é : RECOVERING BIBLICAL MANHOOD AND WOMANHOOD (ainda não o li, mas minha esposa leu e concordou com os autores).

A maioria apoia esta ideia porque não quer se esmerar na função designada. Ser pastor, antigamente, era símbolo de sacrifícios e poucas recompensas.

Hoje é muitas recompensas e pouco - ou quase nenhum - sacrifício.

Fica a dica...

Wéllykem Marinho
www.cwmarinho.blogspot.com

Anônimo disse...

Pr. Newton!


O pr. josé elligton Bezerra da Costa que é nosso mui digono presidente da CGADB disse esses dias no Belenzinho que devemos estar abertos aos novos tempos e deixar de ser retrogrados!!!
Ele disse que ventila a possibilidade de aceitar mulheres no pastorado da nossa Denominação, pq isso não tem implicação Bíblica e que não devemos nos ater aos costumes do passado.

Portanto, pr. neton brevemente as assembleias de Deus vão aceitar o pastorado femenino oficialmente.

Evangelista carlos

Discípulo de Cristo disse...

Paz, amado Pr. Newton.

Alguns líderes permitem que as mulheres com títulos de missionárias ministrem à igreja, e para isso emprestam seus púlpitos, desde que elas não sejam ordenadas "pastoras". O que eles não imaginam é que, NO MUNDO ESPIRITUAL NÃO EXISTE O FAZ DE CONTA; ou seja, assume-se o governo pastoral temporariamente e o ensino da Palavra de fato, porém na verdade, as mesmas mulheres não tem a ordenação oficializada por mera norma denominacional, e não por entendimento bíblico neotestamentário que proíbe veementemente este ato de insubordinação. Por isso, torna-se preocupante e perigoso qualquer prescedente espiritual, no sentido de promover alguma forma de excessão incoerente e contrária ao que o Apóstolo Paulo tem afirmado(I Timóteo 2. 11-15), conforme orientação do Espírito Santo de Deus à Igreja de Cristo.

http://discipulodecristo7.blogspot.com/

Paz Seja Contigo,
J.C.de Araujo Jorge

Grupo Yafa disse...

A Paz do Senhor, pastor Newton! O Grupo Yafa se alegra com sua participação no blog. Obrigada!

Que Deus continue te usando!

Daladier Lima disse...

Paz, Pr Newton, permita me dirigir a alguns comentários já feito aqui.

"Acredito na chamada de algumas mulheres, e sua liderança em determinadas áreas."

Que é que é isso? Ortodoxia? Ou ele apoia o texto bíblico, e cala todas elas, ou é apenas dissimulação. Mais do mesmo. Este é do tipo que concorda com mulher missionária, mas não diaconisa. Quem é maior? Vá entender.

"Todavia, é falta de entendimento das Escrituras o querer auto denominar-se "pastoras"; pois, aqueles por quem elas são "ordenadas" ao ministério pastoral, não tem autoridade espiritual para tal ato"

Mas não são elas que se auto-intitulam, são os HOMENS que lhe dão o ônus. Depois, negam o bônus. Que o diga o Pr. Sóstenes Apolos, homem e ministro assembleiano brasileiro. Querem extravasar suas mágoas, não culpem as mulheres. Culpem os homens, ou o Espírito Santo que as envia em missão, como enviou Frida, solteira, evangelista (cargo) na Suécia, enfermeira. Outra coisa, Paulo ORDENA o ósculo, por que não praticamos entre nós? É uma ordem, com pelo menos três referências! Pensem nisso, seriamente.

Antonio Gilberto referenciou bem I Coríntios 14:34-38, sob sua premissa, amanhã calarei todas as professoras de EBD. Elas não podem ensinar! Na segunda calo a Dirigente do Círculo de Oração, ela fala umas três horas por culto, contando todas as intervenções que faz das 08:00h às 16:00h. Ah! Sim, Gilberto será convidado a assumir uma das funções: professor da área infantil ou dirigente de Círculo de Oração!

João Augusto, o ósculo é instrução para nossos dias? Ou cumprimos o que está lá, ou resolvemos a dissimulação de ter uma mulher ensinando na EBD. Concordas?

Evangelista Carlos, levando em conta que sua afirmação seja verdadeira, ele não estará senão seguindo o que já faz a AD americana, há mais de um século!

Quanta bobagem e misoginia. A mulher tem um lugar no plano de Deus, que os machistas judeus haviam relegado a segundo plano. Pensem no seguinte: jamais uma mulher cultuaria ao lado de um homem, nem que fosse no mesmo espaço. O átrio/pátio das mulheres era um local separado. No Cenáculo a coisa mudou de figura. É tão difícil entender isto?

Há cem anos a igreja da Suécia enviou Frida, Signe e tantas outras mulheres evangelistas e pastoras para o Brasil. O feminismo só surgiria em 1960! Por que tanta imprecisão histórica? Vamos ao menos respeitar a memória dessas bravas guerreiras que lutaram e ainda lutam por uma nação sob a benção de Deus. Frida, por exemplo, carregou o marido nas costas por longos anos no Brasil, até a morte dele na Suécia. Foi ela quem iniciou o primeiro jornal, dirigiu alguns dos primeiros cultos em penitenciárias, escreveu nos primeiros periódicos e lições da EBD, participou da primeira AGO em Natal, em 1930.

Agora que a igreja cresceu... Querem lhes negar o bônus. E olha que nem defendo o ministério feminino, como uma exigência bíblia. Eu defendo que se pare com esta palhaçada. Ou cumprimos como está no texto, ou nos calamos!

Daladier Lima

Thiago Boudny disse...

A paz do Senhor pastor Newton!
Esse é mais um dos assuntos que vem trazendo divergências entre vários segmentos evangélicos.
É importante ressaltar que Deus tanto escolhe o homem como escolhe a mulher, só que existe um porém, existe só uma chamada e várias funções, a chamada é para pregar o evangelho e ganhar almas, enquanto funções tem de todo tipo no ministério, mas a chamada é a mesma para todos.
Nesta envoltura de "chamada e funções" nascem algumas distorções, além do que muitos trazem costumes que se aplicavam ao povo antigo para nossos dias, isto que é um erro de interpretação.
"Pastor" é uma função do ministério constituído pelo próprio Cristo começando por Pedro, quando assumiu a responsabilidade de apascentar as ovelhas do Senhor. Sabendo que tanto o Cooperador como o Pastor têm a mesma CHAMADA, ganhar almas.
Entre essa chamada, existem mulheres que são separadas por Deus para fazerem a obra do Senhor, mas não significa que atender o chamado é assumir uma função que não lhe convém, isto é, assim como Cristo é o cabeça da Igreja, o homem é o cabeça da mulher, porque não foi feito o homem por causa da mulher, mas a mulher por causa do homem.
Isto não significa que a mulher deixará de atuar, pois foi chamada para a obra, mas a função de pastorear cabe ao cabeça, seguindo a organização e a decência ministerial.
A mulher tem seu valor como adjuntora, como hospitaleira, amiga e esposa, orientadora, conselheira, mas desde o princípio, como vontade e determinação de Deus, o homem foi CHAMADO para a FUNÇÃO de pastorear.
Espero ter somado com essa parcela de informação!
A paz de Cristo para todos!

Daladier Lima disse...

Prezado Thiago, gostaria da referência na qual Pedro é constituído como pastor pelo próprio Cristo.

Por que é tão difícil entender que todas estas funções e suas hierarquias surgiram em decorrência da necessidade da Igreja, sob orientação do Espírito Santo de Deus?

Toda narrativa dos cargos e funções é subjacente ao nascimento da Igreja. Não há uma referência nos evangelhos ao cargo de apóstolo! Outra coisa importante:a HISTÓRIA, não meu gosto pessoal, atesta a existência de diaconisas e apóstolas como Júnias e Febe. Para os apressados em dizer isso ou aquilo sobre Júnias, que seja um nome intercambiável, etc, duzentos e cinquenta vezes ocorre este nome nos documentos antigos e sempre é feminino!

O mais é especulação e gosto pessoal. Não dá para debater sobre isso.

Abraços!

Thiago Boudny disse...

Caro irmão Daladier,
Não podemos ignorar que a Bíblia é um livro que contém princípios, os quais revelam uma exegese ortodoxa comprometida com uma vida cristã saudável, de forma que sua liturgia e costumes ministeriais não saim dos padrões bíblicos. Tenho apenas 20 anos, mas já pude observar em apenas dez anos de fé, o quão poderoso é conhecer esta palavra.
Sabendo disto, ignorar o que Jesus diz a Pedro no Evangelho segundo escreveu João no capítulo 21 e nos versos 15-17, é apenas fazer jus a filosofia que é comprometida em questionar os porquês de tudo. Questionar uma verdade fundamental não leva a nenhum proveito.
A Bíblia assevera por intermédio do escritor aos Hebreus no capítulo 13 e verso 17 o seguinte : "obedecei a vossos pastores e sujeitai-vos a eles" ( aqui cabe uma observação, diz o texto explicitamente, PASTORES e NÃO PASTORAS e PASTORES).
Além do mais, Paulo assegura em 1TM 3.2, o seguinte: Convém que o bispo seja marido de uma mulher( aqui cabe duas observações. primeira é que "bispo" traduzido do original, tanto especifica um presbítero, um ancião como também um pastor; segunda observação, é que seria muito inconveniente uma pastora se enquadrar nessas exigências, imagine uma pastora "marido de uma só mulher", não faz nem sentido).
Ainda no verso 4, na sequência do texto, Paulo continua: Que governe bem sua casa( quem governa a casa? o cabeça: o homem),tendo os filhos em sujeição, porque se alguém não governar sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?
Não há como ignorar que Paulo está se referindo a um homem como líder, assim como deseja o Deus da Igreja.
Espero que o irmão compreenda minha posição, e bem como diz o irmão, o demais é especulação e gosto pessoal.

by Ray disse...

Ola Sacerdote Newton.


Pois bem, anteriormente havia passado um abacaxi para descascar, que não havia conseguido.

Referente a um questionamento nessa área.

vou deixar um comentário resumido que pode servir como fundamento nesse assunto.

Não cheguei a ler todo o texto, vou lê-lo assim que postar.

Referente a FORMA:

o dito G-12, serve como exemplo.

Embora tenha por mim e ainda não decidi que deva ser G-11.

Somente o SALVADOR e SENHOR - MESTRE teve condições de estar a frente de 12 e como está registrado
no fim ficaram apenas 11.

Trata-se da FORMA que JESUS usou e que pode ser usado não apenas para discípulos como também para outros ramos da vida.

Ele cercou-se de doze HOMENS - escolheu os a quem também deu- lhes nome de APÓSTOLOS(Homens)

Embora já tivesse enviado setenta (70) antes. estava me esquecendo!!! Homens

LOGO me parece que ESTABELECEU uma forma, pelo menos da para notar.
JESUS e seus doze HOMENS.

É bem provável QUE em apocalipse se refere a HOMENS, os ANJOS das igrejas daquelas cidades.

exc.: reunião na casa ou igreja de alguma das irmãs citadas nas cartas. Embora quem estava na direção fosse algum homem.

PORQUE não, um bom questionamento ao G-12 (forma).

G-11 de HOMENS. E deixar pra ver como eles vão se sair. que respostas darão.

Cordialmente,

Ray

***Lucy*** Fruto do Espírito disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daladier Lima disse...

Prezado Thiago, temo que sua intempestividade tenha turvado seu raciocínio. Eu sei que as cartas paulinas e seguintes falam de pastores. Perguntei se Pedro foi denominado pastor por Cristo? Você é esperto o suficiente para compreender sua armadilha retórica. Cristo não deixou apóstolos, pastores, evangelistas, presbíteros, diáconos, dirigentes, professores, etc. Todos estes cargos surgiram da necessidade da Igreja, amparadas pela orientação do Espírito Santo. Simples assim!

Quanto às suas referências, dê uma olhada em semântica. O texto se refere a uma pessoa de determinada espécie. O objeto direto são os homens, não tem como mudar o substantivo. Incrivelmente, sua trilha nos leva a Romanos 16:7, vamos ler: Saudai a Andrônico e a Júnias, meus parentes e meus companheiros na prisão, os quais se distinguiram entre os apóstolos e que foram antes de mim em Cristo. Entre os apóstolos, Paulo olhando para um grupo, misto!

Sobre Júnias, leiam o excelente documento da AD americana. Das duzentas e cinquenta vezes que o nome é mencionado nos documentos antigos, nenhuma é homem! Eu sei como essas coisas doem, mexem com premissas, mas... fazer o quê?

No aguardo de respostas...

***Lucy*** Fruto do Espírito disse...

Seu comentário foi preciso e bem fundamentado. Fiquei admirada que apesar da pouca idade, já demonstra um bom testemunho para os jovens cristãos, pelo seu interesse bíblico, principalmente pelos ensinamentos do Evangelho de Cristo, que é a nossa fonte de sabedoria e conhecimento para andarmos no Caminho que conduz a Vida.

Que o Espírito Santo, em sua plenitude, lhe conceda nesses últimos dias: Sabedoria e Graça para conduzir muitos a firmarem-se na Verdade de Cristo, pois JESUS está voltando!!!

Em Cristo,

***Lucy***

Thiago Boudny disse...

Caro Daladier,
Quanto ao meu raciocínio, graças ao Senhor Deus está em perfeitas condições.
Quanto a Júnias, espero que o irmão reveja sua ideologia. Quanto a Pedro, falarei após comentar sobre Júnias. vejamos:
O nome Júnias aparece uma vez na Bíblia, em uma série de saudações em RM 16.7. Ali, Júnias é cumprimentado com Andrônico como um "parente" de Paulo que esteve na prisão com ele e que já era cristão antes da conversão de paulo.
Foi sugerido que Júnias era, na verdade, uma mulher, possivelmente a esposa de Andrônico. Esta possibilidade foi firmemente rejeitada ao longo da história cristã, porque, uma vez que Júnias é mencionado como apóstolo, era impensável que se tratasse de uma mulher.
O termo "apóstolo", no entanto, referia-se a qualquer cristão que fosse uma testemunha da ressurreição de Jesus, com esse uso, Maria Madalena foi uma "apóstola" e muitos a consideram.
Se fosse um homem, Júnias seria talvez um romano a negócios na Grécia que Paulo conheceu durante suas viagens, ou talvez fosse um missionário enviado aos cristão romanos, uma vez que ele é mencionado como apóstolo.
O uso do termo "parente" por Paulo há muito tempo tem sido motivo de discussão. É improvável que Júnias fosse membro de sangue da família de Paulo. A interpretação mais provável é que ele tenha sido um "irmão" em Cristo ou companheiro judeu.
Muitas suposições tem girado em torno de Júnias e de Andrônico há muito tempo, embora QUASE NADA SE SABIA, DE FATO, sobre eles.
Quanto a minha posição sobre Pedro e a referência citada, acredito que o irmão tenha analisado em seu conjunto probatório para as demais afirmações. Veja:
Além dele se destacar entre os discípulos ao longo da trajetória, foi para ele que jesus disse para apascentar as ovelhas.
Além do mais, nos dias em que a igreja começava a se formar, foi Pedro o laço que representava a unidade da Igreja. Depois da ressurreição de Cristo, os discípulos se juntaram novamente no dia de pentecoste, eles se reuniram em secreto, com medo dos judeus que colocaram a população contra Jesus.
Mas quem os reagrupou? Pedro os reagrupou e foi uma fonte de força e coragem; assim que houve o derramamento do Espírito santo, para completar, foi pedro que se levantou pregou a mensagem.
Quanto as funções ministeriais, é logico que surgiram por necessidade da igreja, mas não significa que tudo não fora orientado por Cristo e pelo Espírito Santo, aliás, não fora vontade de Deus para instituir os primeiros 7 diáconos? não fora o Espírito que disse para "separar" a Paulo e a Barnabé?
Bem como toda as instruções para a igreja Paulo recebeu do Senhor o que para ela passara.
Acredito irmão, que se isso não te convence, creio que mesmo se eu escrever até um livro também não o convencerá, pois creio que a Bíblia fosse o suficiente para sua credibilidade.
Fique na Paz de Cristo!

Thiago Boudny disse...

Pastor Newton,
Perdão se não fui conveniente ao usar esse espaço para "debater"(longe de mim tal coisa).
Quanto a prezada Lucy, se o comentário foi dirigido a mim fico deveras lisonjeado. Se não, Deus lhe abençoe muito também de todas as maneiras!

Daladier Lima disse...

Thiago,

Vou ser econômico. Complicou um pouco o tempo. Olha, Júnia não é ideologia. Ou você aceita o que diz a história, ou por sua opinião pessoal, se deixa influenciar pelos que dizem os intérpretes. Como "firmemente rejeitada", nunca foi ponto elucidado? Portanto, justo o contrário. Entretanto, dada a envergadura investigativa da AD americana, na qual bebem muitos brasileiros, prefiro ficar com a conclusão deles. Link aqui http://ag.org/top/Beliefs/Position_Papers/pp_downloads/PP_The_Role_of_Women_in_Ministry.pdf

Vamos a Pedro, de novo. A pergunta está bem clara: Em qual versículo Jesus consagrou Pedro a pastor?

Acho interessante fazer a seguinte analogia: você consagrou o apóstolo por sua atuação, mas não quer consagrar uma irmã, APESAR da atuação dela!?

Eu não disse nada diferente do Espírito, de Deus ou de Jesus. Releiamos meu comentário: Todos estes cargos surgiram da necessidade da Igreja, amparadas pela orientação do Espírito Santo.. Mas não foram instituídos por Jesus, durante seu ministério terreno.

Entre sua interpretação pessoal da Bíblia, que espelha a de muitos outros, fico com a seguinte posição: ou cumprimos EXATAMENTE o que diz a Bíblia ou paramos de conversa fiada. As mulheres estão trabalhando, enquanto... escrevemos livros. Neste momento, a dirigente do Círculo de Oração está se preparando para visitar os doentes de nossa congregação, com um grupo de 60 irmãs. E nós, o que estamos fazendo ou projetando para esta tarde do ponto de vista espiritual? E não venha me falar que precisa trabalhar, fomos nós, OS HOMENS, que colocamos esta carga sobre elas. Que aceitaram alegremente. Depois é que vamos pensar no que diz a Bíblia... Aí as águas já passaram debaixo da ponte.

Daladier Lima

Thiago Boudny disse...

Caro Daladier,
Bem, pela sua forma de expressar seus conceitos, é obvio que nada te convencerá a mudar de opinião quanto a atuação de mulheres no pastorado, deixando claro que preferes dar mais credibilidade a teses e "experiências" históricas do que as instruções da palavra de Deus.
Quanto a Pedro e a referência que citei,(jo 21, 15-17), manterei minha credibilidade que o Senhor, o Cristo, o constituiu como líder, orientador, como pastor de forma bastante objetiva.
No entanto, como o irmão não me convencerá da aceitação de mulheres como pastoras, nem de que eu o convencerei o contrário, prefiro não prosseguir com o assunto( não por falta de argumentos) mas para que não fique um espaço inconveniente.
Mas quero deixar claro que não estou ressentido nem com injúrias contra o irmão, acredito que nem o irmão de minha pessoa.
No mais fique na paz do Senhor.

Reginaldo Felix disse...

Paz,

Continuo esperando seu comentario respondendo ao Ev. Carlos que, fez mencao do Jose Wellington nessa questao de Mulher Pastora.
Me parece que sua voz so e muito alta quando se reporta aos mais simples e sem muita expressao. Me parece, nao estou afirmando, que voce se acovarda diante desses poderosos eclesiasticos.
Vou continuar esperando seu comentario.


Reginaldo Felix

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro Presbítero Reginaldo Felix,

A paz amado!

Não publicarei o seu comentário, enquanto não me explicar quem é o evangelista em questão e qual o motivo. Não conheço todos por nome. É impossível!

Se desejar me fazer entender, por favor, envie qualquer informação para o meu e-mail: pastor.newton@yahoo.com

Não estou aqui para confundir, e sim, tentar ser de alguma forma útil.

O Senhor seja contigo,

O menor.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro Ev. Carlos,

A paz amado!

Parece-me que o seu comentário foi infantil para um evangelista, apesar que por infantilidade, estão consagrando evangelistas, pastores, presbíteros e diáconos por interesses ou por omissão da palavra e seus ensinamentos.

Deverias informar com precisão o que realmente defines diante desta afirmação. Comentaste e não disse que sim ou que não.

Não ouvi as palavras do pastor em seu comentário. Apenas a leio no seu comentário.

Não concordo com a hipocrisia dos novos tempos, e afirmo que devemos viver o tempo sempre presente da Bíblia, ou seja, a Palavra de Deus, sem os costumes inventados pelos homens e sem a modernidade também apóstata dos homens.

As mulheres alcançaram este subsídio ministerial pelos frouxos líderes, mesmo que a maioria das mulheres sejam contra esta desobediência bíblica.

A igreja do Senhor, não é a igreja do Belenzinho, e sim, a que se apresenta, como sal e luz nesta terra, tão enrolada pelas heresias.

Se aceitarem o ministério pastoral feminino é um problema deles, pois, serei contra onde quer que eu vá.

Não me renderei a vontade de homens que se perderam em suas próprias concupiscencias.

O Senhor seja contigo,

O menor.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro presbítero Reginaldo,

A paz amado!

Imaginei ter algo mais profundo sobre a sua solicitação.

Pelo que vejo, tentas me agredir nomeando-me como covarde. Creia que sou bastante covarde, para ser um vencedor pela misericórdia de Deus.

Não necessito afirmar que sou contra a escolha de mulheres pastoras e apesar de ser um grande covarde grande, não tenho o mínimo de temor por qualquer ser que se arremete contra a Palavra de Deus.

Não sou conhecedor mor da Bíblia, mas possuo experiências necessárias com Deus, para colocar o meu pescoço a ser cortado. É uma morte rápida e quase indolor.

O Senhor seja contigo!

o menor de todos os covardes menores.

Reginaldo Felix disse...

Meu irmao,

Voce se saiu muito bem.

Quando se trata de peixe grande, voce esta sempre em cima do muro.


Reginaldo

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Rapaz presbitéro Reginaldo Felix,

A paz amado!

Sinto ter que afirmar que você não anada bem da CUCA.

Você precisa priemrio entender a rersponsabilidade de um título de presbítero e depois começar a averiguar se anadas bem consigo mesmo.

sinto lhe informar que não existe para mim nenhum grande a minha frente, apesar de ser o menor dos menores.

Sinto sim, temor e tremor pelo Senhor. E não sucumbirei diante dos que pensam estarem nas alturas.

Lembra-se de Davi e o que realizou com suas pedrinhas?

O Senhor não me chamou para temer a GIGANTES. Para o seu governo, presbítero, creia que sinto mais temor de agressões com as suas.

Pior é lutar com as armas da ignorância. O ignorante não sabe o que faz, porque o faz e sente correspondido por sí mesmo.

Prefiro enfrentar os Golias do que as formigas.

O Senhor seja contigo,

O menor de todos os menores.

Eli Souza disse...

Gente é cada coisa... vejam o exemplo da mulher samaritana logo ela saiu e pregou a palavra para a vila inteira e muitos dos samaritanos creram nas palavras daquela mulher, é melhor elas estarem pregando a palavra resgatando vidas, do que vocês ai que só olham o lado mal da história. vão se converter é a melhor coisa. Deus é espírito e ele é espírito ele não tem sexo. ele usa quem quer. por tanto vigia somente.

Celita disse...

Bíblia como ela está composta e escrita não permite que a mulher exerça uma função de liderança pastoral em uma igreja local. Desta forma, defendendo uma “reconstrução” do texto bíblico, procurando desenvolver uma “nova hermenêutica”, evidencia-se uma possibilidade de atuação de mulheres em funções de pastoras e presbíteras. Aí a pergunta: precisamos de uma nova hermenêutica ou de uma nova Bíblia?
O fato de existir restrições para o ministério feminino nas igrejas locais não quer dizer que as mulheres são desprezadas pelas Escrituras ou desvalorizados aos olhos de Deus. Quando lemos a Bíblia podemos notar vários exemplos de atuações de mulheres no ministério da igreja primitiva. Podemos notar diversas participações de mulheres no início do cristianismo como aquelas que em suas casas recebiam os primeiros crentes ou como aquelas que trabalhavam em favor do ministério. Temos é que nos esvaziar das influências feministas dos dias de hoje e olharmos para as Escrituras como o padrão de Deus para a igreja e para o relacionamento entre os gêneros.
Vejo que apesar de a autora se propor a não querer exaltar a mulher sobre o homem, é praticamente isto que ela faz. A tentativa de reconstruir a história cristã chega a destorcer passagens bíblicas para elevar a mulher mais do que a Bíblia já faz..
Eu fui chamada para ser pastora, e nunca visei este cargo, Minha amada igreja Missão Evangélica do Brasil, através do Bispo João Gualberto e muitos outros bispos em cujas igrejas já havia pregado, me comunicaram. Eu nunca seria arrogante ou falsa humilde de me chamar a menor das menores, como me sinto, mas posso dizer aquela que Deus ama e conta com ela. Sim , se preciso for eu morro para pregar o nome de Jesus é o evangelho em nações que naorcancadas e Deus cura, de toda sorte de doenças, ressuscita mortos, e mil outros milagres para sua glória. Ele, faz. O ser humano está muito aquém de conhecer o Deus que sempre foi e será. Este é meu Deus. E nada me afastará do seu amor e da responsabilidade que tenho diante dele e diante do mundo. Que Deus os abençoe ! Para terminar, amo e respeito suas posições mas não sigo o homem mas a Deus! Paz!

Celita disse...

Os machos queiram me perdoar mas a figura da Barbie e o título: Mulheres Pastoras, Fujam desta ARMADILHA- não é somente ofensivo a nós mulheres que vivemos para nosso Deus, recebemos dEle o chamado, o poder, a0 uncai5, o conhecimento ( não basta ler mil vezes a Bíblia é ter uma língua venenosa , ser arrogante, orgulhoso e vaidoso. Servo so mm os não de nome mas por ações, o viver dia a dia na presença de Deus. Quem é o homem para falar das mulheres.Leiam a Bíblia é vejam como Jesus as tratou, libertadoras do isolamento e preconceitos. No céu os senhores terão grande surpresas. Deus compartilha seus pensamentos com muitas mulheres e nos revelam o sobrenatural.A unção vem dele e resistam à vontade mas não firam minhas heroínas da fé como minha mãe, santa como nenhum de vocês tiveram o praaazer de conhecer, muitas mulheres da Bíblia que tiveram privilégios sem igual, outras grandes autoras e dedicadas, santas , cujo ministério tenho a honra de fazer parte.Sou pastora, missionária e evangelista e não dependo de doações. Dói tudo que posso para a obra de Deus.Cuido de enfermos e prisioneiros ( capelão) , prego a Palavra que o Espírito me inspira. Amados, não sejais presunçosos e ignorantes com o que Deus está fazendo através das mulberes.Deus não faz acepção de pesdoas. Sigam as pisadas de Cristo. Se ele nos mandou, nós envia, a seara é grande e todos estão incluídos! Deus abençoe seus corações e dêem a verdadeira humildade. Grande parte de homens apoiam o trabalho das suas mulheres, mães e outras. Contanto que sejamos fiéis e deixemos o Espírito nos usar e permanecemos sábias em conhecimento e cheias de amor, não rejeitem o trabalho de Deus. Não somos barbies. Somos mulheres a serviço do Rei. Obrigada , Deladier Lima!

Celita disse...

Muito bem lembrado.Jesus elogiou mais as mulheres que os homens.