domingo, 12 de fevereiro de 2012

Afinal! Quem está com a razão?

Crente fazendo beicinho!
Sem muitas palavras. Apenas para meditar. Não adianta fazer beicinho!

Será que disseram à artista WHITNEY HOUSTON o que dizem e pregam por aí tipo mamão com açúcar?

A cantora artista WHITNEY HOUSTON era uma ESCOLHIDA  para a PERDIÇÃO ou SALVAÇÃO?

Cuidado! Muito cuidado com o que andam pregando por aí! A falsa doutrina ou a doutrina mal empregada por sentimentos humanos em contraste com a Palavra de Deus é danina, perniciosa e interesseira.

Muitos conhecem a história da Bíblia, mas não conhecem o Deus da teologia.

Todos foram predestinados para a salvação. Todos!

Nínguém foi predestinado para a perdição! Ninguém! E não adianta fazer beicinho.

Mas somente os que sentem fome e sede de justiça e abrem o coração para a Salvação de Deus - O Unigênito Filho Jesus Cristo, receberão, certamente, a vida eterna.  Se forem fiéis até a morte. Até a morte!

Não adianta fazer beicinho! É de fato até a morte! Creia ou não!

Ele é misericordioso e bondoso pela sua justiça e não por sentimento humano.

Maranata!

O menor de todos os menores. Um Tradicional Pentecostal.

11 comentários:

Discípulo de Cristo disse...

Prezado irmão e pastor Newton.

Sua reflexão sobre a questão "Perdição e Salvação", foi verdadeira, brilhante e de muita sutileza.

Permita-me comentar sobre um outro tipo de sutileza dos que defendem esse mesmo tema em causa própria:

1. Se alguém foi predestinado à salvação, esse mesmo não precisará testemunhar Jesus (Sal e Luz) e consequentemente não sofrerá perseguição.

2.Não se fará necessário também lutar espiritualmente, com a pregação da Verdade pelas almas daqueles que estão no caminho da perdição. Espera-se apenas que os "predestinados" compareçam nos respectivos templos de "teologia calvinista".

3. Enfim, basta enganar-se a si mesmo e transferir toda batalha de evangelismo espiritual(sem pagar o ônus) para um período no futuro, onde afirmam que os que estiverem vivos em tal período, "supostamente" pagarão o preço de morrerem como mártires do Evangelho.

Conclusão:
Se no tempo do Evangelho da Graça, onde o Espírito Santo fortalece a Igreja com poder para testemunhar Jesus, os mesmos escolhem pertencer ao grupo das noivas néscias, como acreditar que no governo do anticristo, esses defensores de tal teologia, terão coragem de serem fiéis até a morte?

APENAS PARA MEDITAR!

Um abraço do Discípulo,
J.C. de Araújo Jorge

Paz Seja Contigo!

Anônimo disse...

O discípulo de Cristo J C de araújo precisa estudar as doutrinas reformadas para não fazer afirmações como as feitas acima.

Grato

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Caro Anônimo,

A paz!

Você possue todo o direito de criticar, mas se possível com o seu nome e sobrenome, concorda?

Que tal indicar em outro comentário com o seu nome, quais erros você encontrou e após informá-los os defina com a sua correção. Que tal?

Assim, seremos mais humanos, concorda?

Acusar somente é muito inconsistente.

O Senhor seja contigo,

O menor.

Filósofo Calvinista disse...

Ok, sem beicinho...mas....cadê a base bíblica de suas afirmações? Todas as vezes que a bíblia fala em predestinação se refere a uma ação limitada, ou seja, a algumas pessoas e não a todas. Podes mostrar alguns textos demonstrando que "todos" foram predestinados a salvação? Vê se esse serve: "e creram TODOS os que haviam sido destinados para a vida eterna". Tá bom esse?

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezado Fil[osofo Calvinista,

A paz amado!

Responderei entre as suas linhas abaixo:

FILÓSOFO Calvinista: Ok, sem beicinho...mas....cadê a base bíblica de suas afirmações?

Newton: Muitos utilizam a base bíblica para justificar seus pensamentos e suas idéias para os homens e sobre Deus.

Por vezes, prefiro deixar a muitos tomarem seus pensamentos e buscarem na Palavra de Deus, justificativas ou explicações sobre o que escrevo, apesar de ser muito simples em palavras.

FILÓSOFO CALVINISTA: Todas as vezes que a bíblia fala em predestinação se refere a uma ação limitada, ou seja, a algumas pessoas e não a todas.

Newton: Podes mostrar alguns texots sobre esta ação limitada?

FILÓSOFO CALVINISTA: Podes mostrar alguns textos demonstrando que "todos" foram predestinados a salvação?

Newton: Verifique em:

1) I Timóteo 2:4: "Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade."

2) Tito 2:11: "Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens,"

3) Hebreus 5:9: "E, sendo ele consumado, veio a ser a causa da eterna salvação para todos os que lhe obedecem;"

4) Romanos 1:16: "Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego."

5) João 3:16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

6) Apocalipse 2?10:“Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e darte-ei a coroa da vida. ”

7) João 1:2: ”Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;”

Estes são alguns versículos que deixam a desejar as idéias de Calvino. Afinal, Calvino pode ter cometido falhas ou não?

Creio que podemos cometer falhas da mesma forma que Calvino cometeu. O que não podemos é nos firmamos fortemente nas afirmações de Calvino sem avaliar da melhor maneira possível através do Espírito de Deus.

TEÓLOGO CALVINISTA: Vê se esse serve: "e creram TODOS os que haviam sido destinados para a vida eterna". Tá bom esse?

Newton: Risos... Não... esta frase não informa ou desinforma sobre cada versículo copiado acima.

É muito simplista a fórmula matemática sobre os separados para a salvação e os separados para a perdição.

É algo de extrema má vontade, diante da soberania de Deus em sua justiça e bondade na manifestação do seu Filho Unigênito Jesus Cristo, com a promessa idônea em permitir através do livre arbítrio presenteado ao homem, para que desejasse escolher o lhe lhe convém.

Se não houvesse livre arbítrio, certamente, a bondade de Deus, escolheria todos à salvação.

Um pai normal não quer que nem o seu pior filho se perca. Deus possue outra forma de justiça. Ele permite, O LIVRE ARBÍTRIO, por sua justiça e por amar ao mundo de tal maneira que nos enviou Jesus Cristo, para que TODO o que nEçe crê, não pereça, mas tenha a vida eterna.

Um grande abraço, e o Senhor esteja contigo,

O menor de todos os menores. Um Tradicional Pentecostal.

Geovani Figueiredo dos Santos disse...

A paz de Cristo Jesus, Pastor Newton!

Existe todo um processo de perversão da Palavra de Deus no mundo orquestrado pelo Diabo visando afastar a muitos crentes da pureza do Evangelho. Vivemos uma época de "ismos" e manifestações espirituais esdrúxulas quando não insanas. Como crentes fiéis devemos fugir deste fermento e abrir os olhos dos que estão sendo engodados por tais doutrinas afim de que escapem do fogo porvir.

Sabemos que o nosso trabalho é árduo. Todavia, cremos que o único que pode nos ajudar é o Espírito Santo por meio de seu Ministério de convicção. Somente ele pode abrir os olhos dos cegos para que enxerguem que realmente estão cegos. Tal catarata espiritual esta proliferando no meio cristão, para estes vale o conselho de Apocalipse 3.18: "e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas".

Que oremos para que eles possam ver se não permanecerem em Jesus até o fim estarão irremediavelmente perdidos. Deus é um Deus de justiça e a sua justiça se mostrou em Gólgota por meio de Cristo. A ideia de que uma vez salvo, salvo para sempre não encontra eco nas escrituras, não importa em que pesem os argumentos de seus proponentes. É uma falácia tão ardilosa quanto o Universalismo: crença na ideia de que afinal todos os homens serão salvos não importando se se arrependeram ou não. Nisso não podemos concordar jamais!



Que o Senhor continue abençoando o seu fecundo ministério, Pastor newton!

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Grato, pastor Geovani Figueiredo pelo seu comentário,

A paz amado!

Não podemos nos calar diante desta heresia. Não podemos sustentar a mentira com ou por amizade.

Amigos... amigos, verdades à parte.

Entendemos que o processo de salvação é doloroso. Sim, deixar de ser nós mesmos para assumir uma posição contrária ao mundo dói na carne. E como a nossa luta é forte entre a carne e o espírito, devemos estar vigilantes ao manuseio das palavras de Deus por homens, conformes ao mundo ou aos seus pensamentos de bondade ou de acepção de pessoas.

Não é possível imaginar Deus realizando um jogo de marionetes com os seres humanos, em detrimento da aplicação da sua justiça e benevolência. Não e não a tudo que contradiz amorosamente às escrituras.

Sigamos em frente na certeza que Deus é o âmago da Justiça, e sem ele, não haveria a palavra justiça.

O SEnhor seja contigo,

O menor de todos os menores. Um Tradicional Pentecostal.

Filósofo Calvinista disse...

Pastor Newton:

1- Quanto aos versículos que o senhor anotou acima faço a seguinte observação: Nem sempre, na bíblia ou em qualquer outro lugar, a palavra TODOS significa TODOS sem exceção. As vezes significa também TODOS sem distinção e outras vezes a palavra TODOS está se referindo a um grupo específico. Por exemplo, se eu disser agora a seguinte expressão "TODOS DEVEM ESCREVER SEUS NOMES ABAIXO DOS COMENTÁRIOS". Todos aqui está significando TODOS sem exceção? Significa que TODOS os seres humanos devem comentar aqui e colocar seus nomes abaixo? É evidente que não. Uma boa olhada no contexto geral dos textos citados é o suficiente para perceber que ora estão tratando de "TODOS" os irmãos, ora estão tratando de "TODOS" os homens, no sentido de não haver distinção na escolha de Deus quanto à raça ou a classe social; nunca TODOS sem exceção, pois se Cristo tivesse morrido por TODOS sem exceção TODOS, obviamente, seriam salvos, sob pena de ser o sacrifício de Cristo imperfeito e insuficiente para salvar os que ele gostaria de salvar. Isso seria um absurdo.

2- Quanto ao livre arbítrio: O homem realmente tinha antes da queda. Numa situação de pós queda ele perde totalmente, ou seja, se cumpre o que Deus havia ameaçado: ele "certamente" morreu. É isso que o calvinismo ensina em sintonia com o que Deus disse no Édem. Ao contrário disso, o arminianismo acompanha o engano de Satanás quando disse a Eva: "é certo que não morrereis".

Diante disso quero desafiá-lo. ao senhor e ao seu livre-arbítrio:

Use seu livre arbítrio para não pecar mais. Pode ser? Deixa melhorar o desafio: use seu livre arbítrio para não pecar durante um mês. Tá bom assim?..rs.

Tudo de bom!

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Meu irmão Filósofo Calvinista,

A paz amado!

A sua frase abaixo é bonita e interessante, mas não cumpre com a verdade do amor de Deus.

FILÓSOFO CALVINISTA disse: pois se Cristo tivesse morrido por TODOS sem exceção TODOS, obviamente, seriam salvos, sob pena de ser o sacrifício de Cristo imperfeito e insuficiente para salvar os que ele gostaria de salvar. Isso seria um absurdo.

NEWTON CARPINTERO: O todos sem exceção, é para TODOS mesmo.

Ele morreu para TODOS, e TODOS os que o receberem como Salvador, receberão a Vida Eterna, se forem fiéis até a morte. Somente desta forma ganharão a Vida Eterna. Não adianta fazer beicinho!

Existe um choque em sua frase quando diz que:

TEÓLOGO CALVINISTA: "se Cristo morreu por todos e todos não se salvaram, a sua morte seria um sacrifício imperfeito."

NEWTON CARPINTERO: Impressionante, crer mais em Calvino, do que aceitar o livre arbítrio como parte da justiça divina e como parte incomparável de seu amor, não tomando ninguém à força.

Desejar acreditar que Deus providenciou uns para o inferno e outros para o paraíso, é um vitupério diante da santidade de Deus, e injustificável ameaça aos desejos carnais dos homens em colocar a Bíblia de lado por Calvino.

Quanto a sua proposta de eu não mais pecar, ou não pecar pelo menor durante um mês, creio ser uma proposta infantil.

A Palavra de Deus nos mostra Jesus Cristo aconselhando à mulher no livro de João 8:11:

"E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais."

Aí está o conselho que devemos obedecer, na certeza, que Ele é digno de o obedecermos em nossa vida aplicando o seu conselho e lutando para que estejamos dia após dia mantendo a necessidade em agradá-lo a todos os instantes de nossa vida.

Creia que tenho lutado ao máximo para dar a ao Senhor, a minha vida como a oportunidade em ser como uma carta, que deve, e pode ser lida pelo mundo.

Fica uma pergunta a você: Dizem que Jesus Cristo é 100% Deus e 100% homem. Como pode ser 100% homem o que não nasceu da junção carnal, não foi criado do pó da terra, não pecou, morreu sem pecados, não nasceu em pecado e quando foi morto, morreu para ressucitar e subiu aos céus em um corpo glorificado?

Acreditar que o criador separaria a sua criação por um prazer maldoso e insano de acepção de pessoas é doentio, e que a entrega do seu filho por ter amado o mundo de TAL MANEIRA, é resultado de cartas marcadas em uma brincadeira nos céus, é pura tristeza.

A minha mente não pode conceber tamanho erro drástico de Calvino em sua avaliação sobre Deus. Começarei a procurar em seus escritos outras heresias para as denunciar.

O Senhor seja contigo, caro irmão,

O menor de todos os menores. Um Tradcional Pentecostal.

Anônimo disse...

Paz seja com todos.

O Filosofo Calvinista precisa deixar de lado as doutrinas humanas, para nao dizer heritica, e se envolver mais com a oracao.
Se os que hao de serem salvos ja estao marcados o que dizer de Hebreus 9.26 onde esta escrito que o Senhor Jesus voltara a segunda vez para os que O aguardam para a salvacao. Se ja estao salvos para que aguardar a volta de Cristo. se ja estao salvos para que orar e vigiar, para que buscar a santificacao.
Em Cristo


Reginaldo Felix

Ministerio Voz que Clama no Deserto

Gilmar Bapthista disse...

Logicamente, Deus é soberano. Mas ele não age contra os seus próprios atributos, nem põe um atributo contra outro atributo. Um dos atributos de Deus é o amor, e esse amor é universal, que implicaria, ao menos, em oferecer possibilidade de salvação a todos. De fato, não havia nada no homem (nenhum mérito) para que Deus tivesse que salvá-lo, mas havia algo em Deus que o levou a oferecer salvação a todos – seu eterno amor. E este amor não é limitado a alguns, mas é ilimitado e universal. Seu amor se revela para com todas as suas criaturas. “Deus é bom para com todos” (Sl.145:9), e “amou o mundo de tal maneira” (Jo.3:16). A continuação deste versículo todos nós já conhecemos – uma expiação ilimitada para um amor ilimitado.

Uma consequencia deste amor por todos é a imparcialidade. Nenhum filho gostaria de pensar que sua mãe ama mais seu irmão do que ele. Isso é parcialidade. Muito menos algum filho gostaria que seu pai, tendo dois salva-vidas em mãos e podendo salvar ambos os filhos que estão morrendo afogados em alto mar, jogasse um para um filho e ignorasse o outro, deixando-o morrer. Um pai desses seria um monstro de terrível crueldade porque lhe faltaria algo básico que chamamos de amor, e lhe sobraria algo chamado favoritismo ou parcialidade, que é a acepção de pessoas.

Uma ilustração simples para os calvinistas:

“Se você dirigisse um navio e quatro tripulantes irresponsáveis caíssem ao mar por culpa deles mesmos, o que você faria se pudesse oferecer salvamento a todos? Deixaria todos no mar se afogando até a morte, tentaria salvar a uns e a outros não, ou ofereceria salvação a todos? Lembre-se de que você pode salvar todos se você quiser (você não está limitado ao tempo ou a algum outro fator para que só possa salvar alguns)”

Deus predestinou a TODOS para a salvação em Cristo Jesus. Se não fosse assim, Deus estaria agindo desta maneira: Uni-Duni-Tê o escolhido foi você....