segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Vale a pena ler de NOVO! Repetido.

Alberto Couto Filho
Incrível!

Existe hoje a necessidade de escolhermos com o máximo de cuidado, os livros que devemos ou podemos ler, como "UMA AGULHA NO PALHEIRO"!

Estou estupefato com a agonia ao entrar em livrarias e.v.a.n.g.é.l.i.c.a.s. e, ao abrir a página de muitos livros, sentir a "desevolução*" de seus responsáveis, quando da busca ou escolha de livros inspirados e os encontrar.

A grande maioria é resultado da necessidade mamonista(discípulos de mamom), e não possuem a inspiração divina e são simplesmente motivados pelos interesses ao deus do comércio ou dos interesses de editores sem escrúpulos.

A ganância é a motivadora na massagem do próprio EGO e são mecanicamentedeterminados à usurpação do que É SANTO.

Deus irá cobrar! Deus irá cobrar, destas vidas por esta irresponsabilidade e insana posição, que destrói aos muitos conceitos, antes adquiridos por muitos dedicados e corretos ensinadores que ensinavam o simples e não invalidavam a seriedade do que É SANTO.

Devemos dar um basta aos abastados, pela fé dos outros, e equivocados em sua imaturidade ou maldade.

Não podemos mais conviver com os que se utilizam da ignorância do povo, e assim, se fortalecem com a aplicação máxima de ensinamentos que desviam aos muitos da verdade. Exatamente, o que prevalece nestes últimos dias do Final dos Tempos.

Existe um livro excelente! Sim! Excelente aos que desejam adquirir, adquirir a possibilidade em ser... não apenas um líder sano, mas receber a motivação conforme a Palavra de Deus, e reavaliar a sua responsabilidade com consciência, temor e tremor, utilizando métodos objetivos. Métodos que não os transforme em usurpadores do poder eclesiástico, e sim, a tendência natural de um homem de Deus, normalmente sano, determinado e com o coração sedento em ser utilizado como instrumento SANTO pelo SANTO DEUS.

Alberto Couto Filho, o escritor e autor, enviou-me um livro. O seu livro foi um perfeito presente perfeito!

A sua leitura permitiu-me, sentir a necessidade de ler, cada vez mais, e se auto-avaliar com os seus ensinos sábios ou sábios ensinos, diante desta sadia leitura, onde senti-me orgulhoso em desfrutar de uma das melhores referências aos líderes, por mim lidas até hoje.

Os que desejarem conhecer o seu estilo especial e seguro, com total carisma, prudência e real avaliação da responsabilidade de um líder, por favor, corra e verifique como possuir esta PÉROLA de valor incalculável em seu blog:

http://www.albertocoutofilho.blogspot.com/

Os que desejarem conhecê-lo pessoalmente, anotem por favor o endereço abaixo:

"O autor estará autografando a obra, ao longo do café da manhã, após a última reunião do ano de obreiros e obreiras de campo que será realizada no sábado, dia 20 de novembro, a partir das 8 hs, na Assembléia de Deus de Queimados RJ, com sede à estrada do Lazareto nº 618, em Queimados, sob a cobertura espiritual do insígne pastor ROSALVO DANTAS. O livro poderá ser autografado, ainda, à noite, no mesmo local, após o culto de Missões."


Sinto muito! Por ser uma matéria repetida o evento já aconteceu, mas o autor continua acontecendo com o seu livro que deixará uma marca, uma boa marca, para os que desejam seguir o caminho do aprendizado constante. 

Desevolução* (Esta palavra não existe.)

O Senhor seja contigo, amigo Alberto Couto Filho!

O menor de todos os menores. O de sempre!

2 comentários:

Anônimo disse...

Deixa de ser retardado! Vai aprender a escrever, vai aprender a ler! Você só escreve besteiras..
Se você pelo menos fosse escritor de alguma coisa, até poderia...
Só escreve besteiras e vocabulário de lunático.

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Endiabrado Anônimo,

Pubriquei o seu comentário para ficar registrado que mais um covarde se apresentou. Pena que não posso citar o seu nome. Ele está escondido no seu medo.

Eu sou o NEWTON e você apenas mais um anônimo.

Sinta-se com remorsos de você mesmo. Você te merece! Risos.....

Muitos risos..... Você sabe que me divirto com criaturas como, ou seja, do seu tipo......

O menor de todos os menores.