terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Papai Noel existe! Muitos acreditam! Repetido!

Papai Noel, existe no coração de quem acredita - em um bom velhinho de uniforme vermelho, uma barba longa e branca.

Papai Noel existe, no coração das crianças, que são enganadas, desde o seu entendimento, até o momento, em que começam a discernir, algumas mentiras e fantasias. Criadas pelos adultos!

O ser humano procura sempre caracterizar fantasias em suas criações de bondade ou maldade. O bom velhinho se apresenta sempre de vermelho, e possui sob o seu comando, algumas Renas, que o transportam por todo o Mundo, na distribuição de presentes, por toda uma noite.

A velocidade deve ser incrível. Difícil de acreditar, mas mesmo assim, parece fácil, deixar qualquer criança sem qualquer explicação convicente e de boca bem aberta. As crianças não conhecem distancias, e os presentes são o mais importante.

Eu já fui criança, e ficava abismado, com a tamanha capacidade do bom velhinho.

Parece muito bonito e sentimental! O sentimento bom ou mau, permite a criação de diversas mentiras. Papai Noel é uma delas!

Muitos louvam a Deus durante o ano inteiro, em suas reuniões solenes, mas o bom velhinho –que não existe, possue um espaço, todo especial, nos corações dos adultos e do comércio, na enganação às crianças. E, é vergonha total, quando se verifica fortemente na vida da Família do crente este engano.

O bom velhinho, está tão bem plantado nos corações, que os pais sentem até mesmo culpa, por não declararem aos filhos, que Papai Noel é uma grande mentira, e a mantém durante o momento imaturo dos seus filhos.

Existem os que discutem, se devem ou não, manter esta mentira. Afinal, é somente por um curto espaço de tempo. Acabou o Natal, o bom velhinho será esquecido. E, voltará ao Pólo Norte, onde ele –ohohohohoho- ali vive.

No próximo ano, com toda a sua pompa, muita bondade, e o seu trenó repleto de Renas, estará de volta, para mais um momento todo especial de mentiras. Quem sabe, esta mentira, é uma das muitas mentirinhas brancas na vida do crente.

O inimigo dos crentes, tenta de todas as formas, ocupar o espaço criado, para a comemoração do nascimento de Jesus Cristo, que também é realizado, em data apenas cultural.

O verdadeiro motivo da comemoração, não deve ser, dirigida ao bom velhinho da comemoração natalina, e sim, para o que venceu a morte, e nos deu a Vida Eterna, através do seu sangue derramado, para justificação de nossa salvação e perdão de nossos pecados.

O adulto deixa a mentira do Papai Noel de lado, e continua nas mentiras do cotidiano, que é a continuidade expressiva do ser humano, em sua decadência, desde o pecado de Adão e Eva.

O bom velhinho se veste de vermelho, dentro da mentira, e o nosso Senhor Jesus Cristo, derramou o seu sangue, para nos perdoar os pecados e nos entregar através da sua misericórdia, portanto, existe a possibilidade em escolhermos, a mentira ou a verdade.

É importante que os crentes verdadeiros em Jesus Cristo, tomem as rédeas, não as de um trenó, com algumas renas, mas a da Palavra de Deus, e a demonstrem em suas vidas, como testemunha viva, e esqueçam de dividir a Verdade com um pouco de mentiras.

Tempo de se preparar para o arrebatamento!

O menor de todos os menores.

6 comentários:

disse...

Pr. Newton, Temos um entrevistado abençoado la no blog. (Pr Guedes), faça sua pergunta e participe. Paz!

Alberto Couto Filho disse...

Pr Newton,

A paz
"É IMPORTANTE que os crentes verdadeiros em Jesus Cristo, tomem as rédeas, não as de um trenó, com algumas Renas de mentira, mas da Palavra de Deus, e a demonstrem em suas vidas, como testemunha de vida, e esqueçam de dividir a Verdade com um pouco de suas mentiras" - não só IMPORTANTE, mas ESSENCIAL E NECESSÁRIO quando crentes verdadeiros, sem qualquer dúvida.
Exaltemos e adoremos, unicamente, ao Senhor das nossas vidas.
Recebestes os presentes?
Enviei-os pelo blog e pelo email.
Ele, conosco, sempre

Alberto Couto Filho disse...

Pr Newton,

A paz
"É IMPORTANTE que os crentes verdadeiros em Jesus Cristo, tomem as rédeas, não as de um trenó, com algumas Renas de mentira, mas da Palavra de Deus, e a demonstrem em suas vidas, como testemunha de vida, e esqueçam de dividir a Verdade com um pouco de suas mentiras" - não só IMPORTANTE, mas ESSENCIAL E NECESSÁRIO quando crentes verdadeiros, sem qualquer dúvida.
Exaltemos e adoremos, unicamente, ao Senhor das nossas vidas.
Recebestes os presentes?
Enviei-os pelo blog e pelo email.
Ele, conosco, sempre

Pr. André Luiz disse...

Graça e Paz da Parte do Nosso Senhor Jesus Cristo!
Amado Pr. Newton, deixo aqui o meu abraço e saudação em Cristo.
Ótima postagem, e aproveitando, deixo o meu comentário: Extra! Extra! Jesus está Voltando! Será que realmente alguns se preparam para este lindo dia, ou vivem a vida como se nunca isto pudesse ocorrer? O que tudo parece é que tem muita gente passando perfume na mentira, pois para esconder o seu odor, tentam de tudo. Precisamos acordar do sono deste mundo e buscar a realidade através da Luz de Cristo! Desperta tu o crente que dorme!
Deus continue lhe abençoando mais e mais!
Pr. André Luiz
Blog ATALAIAS DE DEUS
Também o menor dos menores!

Pastor Guedes disse...

Prezado Pr. Newton,

Já estava com saudades de comentar aqui. Como vai o amado e a família?

Tenho dois filhos. O Daniel tem 11 e nunca chamou o Noel de Papai Noel. Desde cedo o ensinei que o "Papai Noel" não existe e hoje o meu filho fala com muito orgulho de si mesmo: "Nunca acreditei nisso. Eu sei que quem me dá presentes é o meu pai". A Sara Monalisa tem somente dois aninhos, completa hoje inclusive, e também chama o tal Papai Noel de Noel somente.

Acho que devemos ser cristãos de verdade e não nos deixarmos levar por essa sociedade consumista que visa mais lucros para os comerciantes e empresários, e fazem de uma data tão distinta uma banalidade em função dos próprios bolsos. Não sou contra dá presentes. Dou e recebo, mas o espírito do Natal para mim é outro?: É reunião com a minha família e com a minha igreja somente para celebrar a Vinda do Rei, a encarnação do Verbo.

Parabéns pelo texto.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

RODRIGO PHANARDZIS ANCORA DA LUZ disse...

Uma das coisas que muito preocupa nessa mitologia do Papai Noel é uma mensagem anti-graça. Se a criança for boazinha, ela ganhará presentes no final do ano, o que transmite a ideia de merecimento. Por outro lado, verifica-se um Papai Noel injusto que prensenteia mais as crianças ricas do que as pobres...

Por outro lado, a crença da criança no Papai Noel torna-se um dos primeiros chãos do inocente. Quando ela descobre que aquele falso deus não existe, há um sério risco de que o pequenino deixe de acreditar no Deus verdadeiro. Eu mesmo, quando tinha cerca de 7 anos, minha mãe reveou que o tal do Coelhinho da Páscoa não existe. Aí concluí imediatamente dizendo "nem o Papai Noel". Ela confirmou e aí arrisquei-me em perguntar: "E o papai do Céu também não". Só que, nesta hora, ela negou.

Concluindo, acho o tema bem interessante e ressalto que os pais devem ter muita cautela na maneira como vão falar para a criança sobre o Papai Noel. Deixar que o filho passe anos de sua vida acreditando numa figura mitológica poderá ser muito ruim.

Felizmente descobri a Rocha na qual coloquei os alicerces da casa e teria sido melhor se, na infância, tivesse verdadeiramente conhecido o Deus verdadeiro.