terça-feira, 19 de outubro de 2010

Você sabe o que significa um PICHADOR?

O pichador(vulgo grafiteiro), é uma das criaturas mais desprezíveis da sociedade.

Senti vergonha, quando estive no Rio de Janeiro, minha cidade natal, e pude observar, como o povo está desprovido de segurança, "acima do chão e abaixo do céu", pelas suas autoridades. As mesmas que deveriam zelar ao máximo pelo cidadão.

A situação é drástica, quando a população torna-se insensível e se acostuma com o estado deplorável de vários bairros.

O pior de tudo é a falta de respeito, contemplado às escuras, ou de madrugada, quando os moradores, satisfeitos pelo cansaço, tentam pestanejar até o sono do descanço.

Neste momento exato, uma turba de desocupados e desgovernados, caminha pelas paredes como lagartixas malditas, como se pudessem resistir a todas as características climáticas, e seguem em seu trabalho maldoso e contínuo, em pleno desafio aos governantes que relaxaram em seu desprezo à sociedade. Esta, infelizmente, já bem acostumada aos seus algozes pichadores, com a bárbarie da sujeira e da violência moral.

Assim, é a igreja que permite aos insensatos pichadores das vidas que se tornem marcadas, pelas heresias em suas grotescas e abstratas marcas. Estas com as assinaturas e a garantia, que são contra, à realidade encontrada na Palavra de Deus.

A sujeira do pichador, torna a todos os moradores, como que, esquecidos à beleza das cores e ao limpo e higiênico visual. Desistiram, pela falta de apoio governamental, principalmente a Polícia, de realizarem uma resistência contra esta violência! Virou comodismo pela falta de moral existente em um país que se adentra ao caminho da total imoralidade. Ver telefones públicos, no Centro do Rio de Janeiro (não sei como está em outras cidades), tomados por fotos com anúncios imorais e ofertas de prostitutas e travestis. Triste!

Assim, é a igreja que conserva, as suas ovelhas, comuns em sua vida de crente, ao esquecerem que, ser CRENTE, significa ter o contrôle e acerto ao zelo, para que haja a presença do Espírito Santo, operando com a manutenção constante, na limpeza pela Palavra de Deus na vida do CRENTE.

Não se pode aceitar a sujeira que ameaça, a cada dia, a vida do CRENTE, com as zombarias do mundo em suas programações e apresentações sensuais e agressivas, aos que desejam uma verdadeira comunhão com Deus.

O verdadeiro jejum, significa deixar de lado as oferendas da carne e dar lugar ao que agrada a Deus. A cada manhã, bem à nossa frente, existe enviado pelo príncipe deste mundo, quantidades de sugestões que procedem com artimanhas com o objetivo de intoxicar o crente diante de Deus, com suas oferendas que poderão anestesiar a qualquer que, não vigie pelo temor ao Senhor.

Cuidado! Envolva-se com Deus. Deseje seguir o caminho da santificação. A Palavra de Deus nos ensina o procedimento correto no livro de Salmos 37:05:

"Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia n'Ele, e tudo o mais, Ele o fará."

Aquele que for limpo, limpe-se mais. Aquele que for santo, santifique-se mais, e o que for pichador, suje-se mais, piche mais... piche mais... piche mais...

Maranata!

O menor de todos os menores. Um Tradicional Pentecostal.

5 comentários:

Cidinha disse...

Pastor Newton,cada dia que passa,fica mais estreito.

Como sempre um ótimo texto para minha relexão.

Fique na paz do Senhor Jesus !

Perfume de Cristo disse...

Graça e paz
Pr.Newton,sou grata a Deus ,por sua dedicação,sempre trazendo uma reflexão edificante,e que sempre é um alerta,sempre visito o seu blog,já faz parte daqueles especias para leitura,pois sei que sempre agrego valores.
Em Cristo que nos une
Cláudia Mariz
http://saronperfume.blogspot.com

AGNALDO SILVA MARIANO disse...

Obrigado, querido irmão, por visitar o bloc CREIO E CONFESSO e ser um dos nossos amigos. Estou também entre os que o acompanham.
Um forte abraço e visite o blog sempre que desejar.
Rev. Agnaldo Silva Mariano
www.creioeconfesso.com
agsilvam@bol.com.br

Alberto Couto Filho disse...

Oi, amigão

Eu sei sim o que é um pichador:
É um "cara" frustrado, à semelhança daqueles parvos críticos das obras do pastor Ciro.
Contudo, tem uma agravante: Além de pertencer à turma dos desabrigados do Espírito está acometido daquela manifestação mórbida que é a "demência"(lembra-se?), neurose bem próxima ao "idiotismo", o grau maior de um retardamento mental.
Será que o senhor não aprende? (risos)
Contigo eu aprendo; com Deus realizo.
Vivencie a paz do Altíssimo

Alberto Couto Filho disse...

Pastor Newton,

Com o respeito devido ao senhor Freud e aos seguidores do seu conceituado blog, gostaria que tomasse este meu "arremedo" de análise como um comentário ao clamor de alerta contido nesta sua mensagem. Veja uma parte bem interessante do que aprendi sobre o comportamento dos tipos de pichadores, existentes neste pais, segundo Bilac, o fulgurante florão da América que, em seu seio, tem mais amores:

Vejo uma certa semelhança entre o pichador de obras edificadas, prédios, casas, imóveis de um modo geral e o pichador de obras edificantes como, por exemplo, o livro do pastor Ciro Zibordi.
Há, apenas, duas diferenças quanto ao estado mórbido identificado em suas perturbaçõies psiquicas:

1ª - Os pichadores "gogos" - aqueles que, figurativamente, picham falando mal dos outros, criticando negativamente os feitos alheios. Sua neurose é a MANIA, que se apresenta numa forma singular de mania sem delírio. Eles arrogam-se o direito de ser conhecedores de todas as coisas - são os "sabe-tudo".
=>Nosso orgulho próprio deve ser avesso a esse tipo de arrogância.

2ª - Os pichadores "grafiteiros" - aqueles predadores amantes da sujeira. São adeptos do vandalismo, e depredar o patrimônio alheio é, para eles, um hobby. Sua neurose, tem no núcleo delirante uma possível DEMÊNCIA, que se caracteriza por uma fraqueza intelectual, não generalizada. Esses "caras", quando picham, parecem demonstrar uma certa incoerência ao manifestar suas faculdades mentais. Esta atividade mostra um pouco da desordem mental do individuo.
=>Nossas autoridades parecem pactuar com esta medonha falta de higiene visual.

Há ainda, como apontada pelo amigo, uma terceira classe em atividade nas igrejas:
Os pichadores heréticos atuantes na igreja de Cristo, cuja neurose, sem exagero, está bem próxima do IDIOTISMO. Têm-se a impressão de que a debilidade mental desses tais, levaram-nos à descrença e ao desrespeito ao Deus Supremo - isto é, no mínimo, um sinal de grave retardamento mental; de tacanhice; uma pobreza espiritual; uma insânia.
A sujeira apresentada, impudicamente, nos púlpitos, como disse o ilustre pastor, ameaça a vida do CRENTE, levando-os a não desejar uma legítima comunhão com o Criador. Esses pichadores da Verdade querem que esqueçamos o propósito da verdadeira igreja na terra.
=>O CRENTE autêntico não pode aceitar tais desmandos, imperdoáveis transgressões dos preceitos divinos.
É sábio o seu conselho de seguirmos o disposto no Salmo 37.
Contudo, nada tememos, pois somos mais que vencedores em Cristo Jesus
Ele É.
Alberto.