quarta-feira, 9 de junho de 2010

Atualizado! Crente que mente. Você acredita? Eu acredito! E não é mentira!


Você é servo de Deus?

Você mente ou vive mentindo, pouco ou muito?

Não importa o tamanho da mentira.

Todos os que mentem são filhos... do... diabo. Será?

Leia por favor alguns versículos e medite:

Salmos 04:02: Filhos dos homens, até quando convertereis a minha glória em infâmia? Até quando amareis a vaidade e buscareis a mentira?

Salmos 62:04: Eles somente consultam como o hão de derrubar da sua excelência; deleitam-se em mentiras; com a boca bendizem, mas nas suas entranhas maldizem.

Provérbios 06:19: A testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos.

Não se desespere ainda há uma chance para você.

Você está vivo e poderá meditar neste versículo abaixo, muito bem definido no livro de João 08:44:

Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.

Duas perguntas impossíveis de se conciliar a uma resposta. A resposta está na ponta da sua língua. E você já sabe a resposta. Se for a que não deve, ainda há tempo para se corrigir. Ele, Jesus Cristo, é o nosso advogado. Aproveite!!!

A Bíblia nos alegra e nos informa no livro de Efésios 4-25: Pelo que deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros.

Sempre em todo o mundo, a mentira foi a arma de ajuste momentâneo ou de desajuste moral, familiar, profissional e social.

Muitos acostumaram-se, em suas mentiras, e com o passar do tempo, acreditam fielmente, nas suas próprias “verdades”, ou seja, a mentira ganha apoio substancial e transforma-se em “verdades”, que muitas vezes o contador das “verdades mentirosas”, não percebe o quanto, ou quantos, zombam dele, e com muita frequencia.

Ele, o mentiroso, não é muitas vezes desmascarado, devido a vergonha de quem ouve as suas mentiras.

Enganar a qualquer um é fácil. Mas, até quando você conseguirá enganar. Díficil é estar numa posição de honra diante de Deus, e aceitar o desafio, e permanecer fiel à verdade, evitando constrangimentos desnecessários.

O mentiroso é descoberto muitas vezes, sem o saber. Até o mentiroso se engana em sua capacidade de mentir.

Mentir na parte da manhã, à tarde e à noite, e muitas vezes em seus próprios sonhos. O crente fiel dorme com a Verdade, acorda com a Verdade e passa o dia falando a verdade, porque crê que a sua vida deve ser exemplo da Verdade. Jesus Cristo é a Verdade!

Ser fiel é dever do crente que testemunha com a verdade em seus lábios. Ser uma carta que pode ser lida por todo o mundo é um desafio constante e uma maneira digna de testemunhar como parte da Igreja Invisível.

Crente até o diabo é, em sua luta constante, na disputa constante de seu objetivo principal: conseguir levar, milhares e milhares para o lugar definido e preparado para o diabo e os seus anjos, conforme a Palavra de Deus.

Seja um verdadeiro filho de Deus. Não minta. Não existe um motivo simples ou especial que justifique a covardia da mentira. Lute! Sê fiel. Sê fiel. Sê fiel.

Praticar HERESIAS é uma grande mentira e uma louca agressão proclamada por vândalos que desejam deturpar os ensinamentos do Senhor.

Lembre sempre:  Ele é Santo! Santo! Santo!

O menor de todos os menores.

2 comentários:

Luciano Vieira disse...

Amado Pr Newton,
A paz do Senhor!
Ontem mesmo (9 de Junho) tivemos uma reunião de obreiros em nossa congregação, para tratar sobre um obreiro que no culto do domingo (6 de Junho), usou o púlpito para falar em usos e costumes, que não se fala a muito tempo, e em nada edifica o corpo de Cristo.
Temos algumas ovelhas novas, que vieram de igrejas que não observam usos e costumes, e estão alegremente servindo a Cristo conosco.
As palavras dirigidas pelo querido irmão foram ofensivas e destrutivas, que levaria alguns neófitos a saírem da igreja.
Mas o problema que causou indignação minha e de alguns obreiros, é que o irmão que fez uso infeliz da palavra, tem sua vida social e ministerial bem conturbada. Os seus filhos ainda pequenos mentem descaradamente na igreja, e ainda na própria inocência infantil, revelam as mentiras do pai.
Para não me alongar mais. Triste é ver obreiros com visões erradas da chamada ministerial. Peneiram o mosquito, mas continuam engolindo camelos. Atribuem coisas que Deus criou ao Diabo, mas vivem de forma ignorante ou opcional como filhos do Diabo (Jo 8: 44).
Infelizmente muitos obreiros e crentes em geral, não assumem o caráter verdadeiro do cristão, em dizer a verdade, doa quem doer.
Excelente artigo.
Em Cristo
Luciano Vieira

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamado Luciano Vieira,

A paz do Senhor!

Infelizmente amado, encontramos este tipo de crente.

Escrevi este texto por tentar não mentir. E, bem sei, que pagamos caro por exercer esta correta posição diante de Deus.

A verdade, neste mundo repleto de mentirosos, cria por vezes, tristeza em muitos corações que destestam encontrar-se com um CRENTE de vredade.

Sente ria ou ódio, por verificarem em nossas vidas que a mentira não nos domina, e sim, o dever com a verdade.

Quanto ao irmão que prega sobre os costumes, deve ser, costume dele pregar sobre os costumes.

É tiste! Por vezes são os mais mentirosos e mentem apenas por COSTUME.

O Senhor seja contigo!

O menor de todos.