sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Pastor Silas Malafaia alegrou o meu coração!

Não poderia deixar de lado, e muito menos, deixar de escrever esta postagem com os meus parabéns ao pastor Silas Malafaia, e a sua vibrante defesa contra o projeto de lei, que destroçará a muitos entusiastas que correm loucamente com a  provocação interesseira à sua aprovação e que diante de Deus, se ausentaram da moral e da defesa correta à Família.

Este comentário, não é objeto de contrariar o que não concordo, e ocorreu com os pedidos infâmes dos 900 REAIS através do Dr. Morris Cerullo, em seu programa de TV, o que me entristece até hoje, bem como, a participação do Dr. Mike Murdock, com suas mensagens ao telefone, através de uma máquina com gravações espirituais, anunciadas em seu site.

Não devemos esconder o que aconteceu de melhor, e muito menos, repito, anunciar o que está desgraçando a vida cristã com enganos violentos em contraste à Palavra de Deus.
Aproveito para reprisar uma das minhas matérias, contra o excesso que se comete, em nome da homossexualidade.
  

A bem da verdade, uma família com condição moral definida, de maneira nenhuma pretende apoiar os desvaneios “gays”. Afinal de contas, o filme orienta para uma realidade, fora da realidade social, e dentro somente da realidade homossexual. Grupo este na sociedade, beneficiado por investimentos interessados, em provocar a desmoralização da família.

O que se procura, com certeza, são as bençãos malditas, de quem aceita esta derrota da humanidade -por alguns milhares que os apoiam.

A palavra "gay", continua, sem sobra de dúvidas, como agressão a qualquer conhecedor da Bíblia, Livro dos livros, na sua plena orientação divina, e porque não falar no próprio Deus -Criador dos céus e da terra.

A violência antes era contra os gays, através do preconceito e conceito da realidade familiar. Hoje, a violência acontece de uma maneira sutíl por parte dos "gays", como uma nociva agressão à família.

Você acredita que um pai ou uma mãe, ao reconhecer os caminhos homossexuais de seu, ou de sua filha, será feliz? Claro que não!

A possibilidade de aceitação ao "gay", normalmente é decorrente do apoio e amor familiar. Por tristeza e culpa. Não dá alegria ou satisfação pessoal, ter que admitir que um dos seus, vive neste caminho promiscuo.

As informações erradas, incoerentes e desprovidas da verdade, provocam esta decadência do ser humano. Esta, é uma geração sem Deus no seio familiar. Uma geração sem tempo para viver.

Sinto vergonha da Parada do Orgulho Gay. Afinal, que orgulho sem senso é este, que provém de vidas tristes e arrasadas por sua promiscuidade no pecado e uma das maiores causa de suicídio. E, que tanto agride a Deus em sua criação.

Criou Deus o homem e a mulher, para serem procriadores e formadores da família. Pode, por acaso, um homem+homem ou uma mulher+mulher, serem exemplos para quais filhos? Quais?

A desgraça e a mentira, sobre este planeta terra aumenta a cada dia, para que: Aquêle que for sujo, suje-se mais, e o que for limpo, limpe-se mais. A instituição do casamento tradicional, coeerente e real, continua forte, se for, em Deus.

Alguns afirmam por puro interesse sexual que está falída esta instituição. Pura mentira. Os valores do mundo faliram. Mas os de Deus continuam em evidência. A igreja invisível do Senhor Jesus Cristo, está atenta para o Grande Dia. Dia do Grande Julgamento.

Não existe amor verdadeiro entre dois homens em sua atividade sexual, o que existe é um desvio moral e sexual. O filme relata de forma teatral, para provocar as massas, e criar uma posição confortável a quem pertence ao "paraíso gay".

Conheço o enredo do filme. Não o assistí, e não o assistirei, pois, sentiria vergonha. É certo continuar com esta farsa? Será possível conviver com uma família, ou seja, famílias de filhos adotados por “ gays ou lésbicas"? Será suportável para Deus ver sua criação, sendo desmantelada pela promiscuidade? A Bíblia nos informa que assim será no final dos tempos.

O que são religiões fanáticas? Aquelas que são contra a organização "gay"? As que fincam os pés diante da verdade Bíblica, e onde se lê que, os efeminados não terão direito à salvação, se não mudarem suas vidas, e aceitarem a Jesus Cristo, como único salvador e perdoador de pecados, porque vivem no que desagrada a Deus?

Rasgue a sua Bíblia ou se levante contra este movimento. Não diga que Deus mudou. Isto é conversa fiada e de covardes. É preciso lembrar sempre que: Deus os criou, homem e mulher.

O direito cívil ao casamento "gay", é uma afronta à relação homem+mulher. É uma afronta as minhas filhas e as minhas netas. É uma afronta ao decente. É uma afronta à verdade. É uma afronta à sociedade normal.

Tenha a certeza que: Em breve a sociedade será perseguida em todos os sentidos da lei, pelos "gays", da mesma forma que perseguiram e atentaram contra os anjos, antes da destruição de Sodoma e Gomorra. Eles, os "gays", querem impor sua maneira de viver.

Nós, os crentes em Jesus Cristo, queremos apenas informá-los, e não persegui-los, que este caminho errante os levará ao inferno.

O estilo de vida de cada ser, é por lei um direito pleno e inalienável, e com certeza, aprovado por interesses insustentáveis aos direitos de quem é contra tais abusos à sociedade, em seu perfeito aspecto moral e familiar.

Não podemos permitir, que governantes interessados apenas em votos, e também aos seus desvios sexuais, influenciem e deixem de lado a primícia da sociedade constituída na família. Homem, mulher e filhos gerados de uma maneira correta, e não, adotados por gays no interesse homossexual, para proclamarem e produzirem, frutos da sua enganação, famílias disformes ao normal e à orientação bíblica.

Aí está o resultado na proibição dos Dez Mandamentos, em vários locais, deste país chamado Estados Unidos da América, fundado e estabelecido pelo conhecimento do Evangelho da Graça, a Palavra de Deus -base da constituição americana.

Que Deus tenha misericórida dos EUA, que está de deteriorando às pressas em sua moral e do nosso Brasil, mestre em imitação deste país de primeiro mundo.

O menor de todos.

10 comentários:

Micheline Gomes disse...

Excelente postagem pastor Newton!
Concordo! Temos que criticar quando há abusos em nome do Reino. O Pr. Silas foi firme e agiu como um arauto em defesa da nossa fé.

Graça sobre graça.

www.michelineblogs.blogspot.com

Blog do Rubens disse...

Prezado Pastor Newton Carpinteiro, amigo e irmão em Cristo a Paz do Senhor.
É com grande alegria que vejo o Senhor levantar defensores assíduos dos valores éticos e morais cristão, infelizmente muitos tem medo de se levantar contra esse turbilhão antiblico e antisocial, digo antisocial pois a família é a base da sociedade e um plano maravilhoso de Deus, quando a família vai mal a sociedade vai mal, família no sentido real e bíblico de Deus, HOMEM e MULHER, não essas junções estranhas que estão acontecendo por ai. Coloco em evidência meu repúdio não as pessoas, pois a Palavra diz que nossa luta não é contra carne e sangue, e sim contra O HOMOSSEXUALISMO, algo instituído pelop inimigo para envergonhar a imagem e semelhança de Deus. Que o Senhor contimue levantando HOMENS como nós, para se colocar na frente de batalha contra essa IMORALIDADE. Amém.

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamada irmã Micheline Gomes,

A paz do SEnhor!

Grato pela visita e pela sua postura diante do que acontece em nosso meio.

Precisamos tentar o máximo utilizar a justiça, com base na Palavra de Deus, pois, a nossa não passa de trapos de imundícia.

O SEnhor seja contigo em sabedoria e conhecimento,

O menor de todos.

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamado Rubens,

A paz do Senhor!

É importante a sua visita a este blog, com os seus comentários, que proporcionam a mostra de que existem HOMENS, com a decisão de estarem à frente da batalha, sempre denunciando. Denunciando. E, denunciando com zelo, sabedoria e conhecimento, bem como, uma vida na presença de Deus.

O Senhor seja contigo!

O menor de todos.

Robson Silva de Sousa disse...

Paz meu amigo.

Ninguém duvida da capacidade argumentativa do Pr. Silas ainda mais em se tratando de um tema que ele vem debatendo a tanto tempo, e com muita propriedade.

Confesso que não assisti ao debate, mas estou seguro de que ele se saiu muito bem.

Que o Senhor nos ajude e nos dê a mesma firmeza para não permitirmos que leis absurdas como a proposta pelo PLC122/06.

Finalizando, gostaria de corrigir um pequenino trecho de sua fala no começo do post: o Pr. Silas não defendeu brilhantemente o projeto de Lei e sim a sua NÃO APROVAÇÃO... Apenas para constar... Rsss!

Abraços!

Em Cristo,

Robson Silva

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamado pb. pr. Robson Silva,

A paz do Senhor!

Grato meu amado por sua colaboração e atenção a minha falha na composição da frase, e graças a Deus por sua vida meu amigo.

O Senhor seja contigo!

O menor de todos.

Anônimo disse...

leva ele pra casa.

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Caro ou barato anônimo,

Somente publiquei o seu comentário, porque, você foi muito engraçado.

Vamos criticar e dar o valor devido. Se não for desta forma, seremos injustos.

O menor de todos.

Georges disse...

Pr. Newton, passando para lhe deixar um abraço, e fazer minhas suas palavras quanto ao irmão Pr. Silas. Uns meses atrás fiquei bravo com ele, mas agora tive que tirar o chapéu.
Deus abençoe a todos!
Georges

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamado Georges,

A paz do Senhor!

Verdade!

Conforme está no Livro de Isaías 64:06: Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como trapo da imundícia; e todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniqüidades como um vento nos arrebatam.

Precisamos denunciar os erros, e saber o momento certo para dar o devido valor.

O Senhor seja contigo!

O menor de todos.