quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Campanha Contra Pastores Divorciados! (02-02)


Não podemos nos calar! É hora de reestruturação!

Somente os COVARDES se calarão! Somente os COVARDES se esconderão!

Confirme se o seu pastor é DIVORCIADO! Chega de COVARDIA nas igrejas!

Confira a minha matéria, anterior a esta com o Título "Será o Benedito? Divórcio JÁ!" E, dê a sua sugestão. Não se cale!

Chegou, um grande momento na vida da igreja. Não podemos concordar com o que Deus discorda!

Não aceite mais os COVARDES, dentro da igreja, com esta situação desastrosa para a Família. Eles somente estão pensando no seu salário!

Já existe pelo menos, um igreja no Brasil, que o pastor se divorciou e os membros aceitaram, porque alguns desejam o "MESMO PRIVILÉGIO".

Casar de novo ou dar-se em casamento, conforme o que está escrito no Livro de Lucas 17:27:

Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos.

Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos.

Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos.

Por 3 vezes repeti o versículo, para que você prezado, lembre-se de quantas vezes o Galo cantou!

Onde estão os pastores, que deveriam assumir e definir a situação do Divórcio? Onde?

Senhores pastores, é hora de assumir suas responsabilidades, ou será que devemos esperar um pouco MAIS?

Falar de dízimo é fácil, mas falar de Divórcio é difícil. Ou não?

Sei, por que escrevo, e tenho certeza da minha afirmação! Pastores divorciados espalhados pelo Brasil, em diferentes cidades e também em outros países (pastores brasileiros!)

Sei, muito bem, que coloco a minha vida em risco! Mas, sei, muito mais, que será pior, cair nas mãos do Deus da Justiça, se calar a minha boca!

E, você deseja continuar com a sua boca calada?

Dê sugestões. Ore e assuma as consequências. Exija de sua Convenção uma resposta rápida e objetiva.

Maranata! Ora vem Senhor Jesus!

pr. Newton Carpintero

3 comentários:

MINISTÉRIO BATISTA BERÉIA disse...

Pr Newton graça e paz.
Essa questão de pastores divorciados está virando uma febre. Os pastores se separam das suas esposas, pegam uma mais nova e ainda usam o caso de Davi para dar respaldo ao erro cometido. Ninguém está livre de entrar em uma crise conjugal a ponto de se separar, mas continuar pastoreando? Pastor divorciado deixou de ser o padrão dos fiéis, por isso ele deve deixar o pastorado. O que está acontecendo hoje em dia é que o indivíduo quer ser pastor, mas não quer pagar o preço, quer o bônus, mas não quer o ônus. No antigo testamento quando um sacerdote pecava, ele não deixava de ser sacerdote, só não exercia mais a função de sacerdote. Em Lv se uma criança, filha de sacerdote nascia com algum defeito, esse não poderia oferecer o pão, mas podia comê-lo. Isso mostrava a santidade de Deus. Hoje em dia vale tudo em muitos púlpitos. Que Deus tenha misericórdia do rebanho desses pastores.
Fique na Paz!
Pr Silas

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado pr. Silas,

A paz do Senhor!

Infelizmente está se transformando em regra e o joio cresce a cada dia e muitos estão cegos em sem experiência de lavoura o aceitando co trigo.

Citam sempre o ocorrido com o Rei Davi, que não era sacerdote, e esquecem que el se situava na lei e no Velho Testamento.

Vale informar que o caso Divórcio, foi ratificado no Novo Testamento e por alguém que está sendo esquecido, por muitos crentes que elegem o seu ídolo conforme as suas concupisciências, e não desejam lembra ou até mesmo relembra que Ele morreu e ressucitou para a demonstração que Vive eReina para Sempre: Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Triste saber que o joio alcançou a estatura do trigo e tenta com isto ser chamado de trigo.

Puro engano!

O Senhor seja contigo!

pr. Newton

Anônimo disse...

Estimado Prº Newton Carpinteiro
A paz do Senhor Jesus Cristo.

Uma verdade pode virar mentira. Uma mentira jamais se tornará uma verdade. Cristo é verdade que liberta. A história se repete, o tentador do Édem, continua enganando.
No caso da mulher pecadora, ela acabara de nascer. Jo 8:11 Respondeu ela: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu te condeno; vai-te, e não peques mais.
"que bom que à narrativa bíblica não interessou a citação do nome dela"
No caso de Davi, serviria ele de modêlo para a família ? Dificilmente. Nos seus últimos dias de vida onde estavam seus filhos ???

Ainda tem jeito: Trabalhar na base "crianças" e também ensinando aos nossos jovens sobre o valioso projeto de Deus para a família "o casamento".

Prº Newton, que o Deus das consolações esteja sempre em sua vida.

Obs: Excelente comentários dos irmãos bereianos.


Fraternalmente em Cristo Jesus

José Roberto Santana. Pb
Vila Ema-São Vicente - SP