domingo, 19 de julho de 2009

Mulher pastora! É um aviso do Final dos Tempos?


Estou impressionado com a preocupação, e o interesse em defender:

Mulheres no poder da igreja.

Esta modalidade está sendo realizada com mais frequência, e muitas "irmãs", encontram nesta oportunidade a "chance de agradar a Deus com os seus dons", porque os seus maridos são dominados - por elas, e nem cabeça do lar, ou através de muitos dos líderes(?) de várias igrejas, querendo agradá-las, e assim, desagradam a Deus.

Sugestão de muitos: Mulheres devem ter a coragem e a sensibilidade de não errar, onde os homens erraram! E, assim devemos concordar com cargos de pastoras, bispas e apóstolas. Elas serão melhores que os homens.

Minha sugestão: Meio confuso, esta afirmação, porque homens erraram e mulheres erraram, e os dois continuarão com seus erros, com coragem ou não, e com a falta de sensibilidade ou não. Afinal, a sensibilidade das mulheres, se perde, com a necessidade de possuir um cargo, declaradamente fora da autoridade bíblica.

Sugestão de muitos: O que poderíamos temer com a entrada de mulheres no ministério?

Minha sugestão: Existe uma defesa das mulheres por alguns homens, interessados em quê? E por quê? Este é um desafio que agride a Palavra de Deus?

Não existe concorrência, e sim, um desvio de conduta da mulher, ocasionada pelo homem responsável -ou irresponsável- em seu ministério, sem a plena orientação do Espírito de Deus em concordância com as orientações da Bíblia.

O que não foi excelente em dois mil anos, o querem fazer excelente no final dos tempos.

As mulheres em breve ocuparão os bispados e apostolados. Afinal, quem não deseja o poderoso(?) título de apóstolo? Nesta escolha, os homens estão errando, e as mulheres também errarão. Os dois, homens e mulheres, são vaidosos.

A vaidade, o orgulho e a soberba, pertencem aos homens e as mulheres.

Os ministérios que vigiem, pois, a cilada está armada. Você sabe por quem?

Uma dica: Não é por Deus! E, é você quem decide: Errar ou acertar.

Maranata!

pr. Newton Carpintero



Mulher pastora! É um aviso do Final dos Tempos?

23 comentários:

estudosgospel disse...

Ótimo comentário, meu irmão. Outro dia já fiz um comentário acerca do assunto em seu blog, e reafirmo a minha opinião: As mulheres devem permanecer naquilo que Deus as chamou: auxiliadora do homem, dona de casa e educadora dos filhos, Digo não as "pastoras". A única pastora que eu aceito é aquela que cuida de ovelhas, literalmente. As demais, é antibíblico.

Senna disse...

Concordo com o sr. pastor e acho que quem defende isso não está conivente com a Palavra de Deus...

Edcleyton Souza disse...

Concordo que tem mulheres que querem o cargo que deus confiou ao seu marido. A bíblia nos mostra exemplos de "pastoras" no AT, eu aceito pastoras nas igrejas, mesmo que o nordeste do Brasil, ainda não aceitem, mas tá na bíblia...

Abraço!

Victor Leonardo Barbosa disse...

É absurdo a colocação de mulheres para o ofício pastoral. isso é uma grave distorção do ensino bíblico.

Creio que Deus estabeleceu funções distintas para ambos os sexos, mas infelizmente na igreja contemporânea, onde cada vez mais homens buscam facilidades e acabam sendo irresponsáveis no ministérios e frouxos com relação a doutrina bíblica, vemos estes tipos de casos.

Que Deus o abençoe pastor Newton!

Antonio da grota disse...

A cada blog que eu abro fico mais impressionado. Tudo o que Deus dá aos Pastores e grandes escritores lá nas "capitá", Ele me dá aqui na roça onde nós mora. Há alguns ano comecei a analisar este desvio de conduta das muieres, Deus as colocou para cuidar da casa e das criança, mas com a revolução feminina do seco XX, a virose contaminou a Igreja, e de lá para cá nossos filho ficaram sem mãe, com a babá eletronica e os video game insinando eles e sem quem os educasse com a Bíblia em casa, elas cumeçaram a trabalhar fora do lar, intraram no ministerio pastoral, e o resultado é que as cadeias e presídios ficou lotado e a violencia tumô conta das ruas até aqui do vilarejo. A igreja precisa ensinar essas muieres a vortar pro lugar delas senão quem vai ficar com os menino em casa? O dinheiro que elas ganha lá fora num consegue comprar a salvação dos filho delas e nem pagar o prizuizo que as famia vai sofrer. Eu sempre digo aqui na nossa iscola dominicá pros aluno, o que DEUS estabeleceu num adianta mudar que dá tudo errado. Um outro exemplo é que casa que muié é cabeça acaba em adultero ou em perdição dos filho. As muié sai prá trabaiar fora despois querem mandar nos homem e Deus num deu pra elas o dom de liderança das famia, eu tô avisano....

Andreia =] disse...

Pr. Newton,

conheci seu blog através do ótimo e abençoado blog do ir. Ciro Zibordi, e estou gostando muito com o que posso aprender com ambos. =]

Congrego em uma igreja pequena, tradicional, onde nossa regra absoluta de fé e conduta é o que diz a Bíblia, a Palavra de Deus, e não o que diz qualquer um dos 4 presbíteros - que por sinal, amo e respeito muito.

No que eu já li, e tenho lido, das bíblias que tenho (são 5, de diferentes versões/traduções) não é mencionada a existência de pastoras, bispas, etc, etc, etc.

Fico a me perguntar qual o problema de, simplemente, ser chamada de irmã...Porquê precisa ser pastora, ou bispa, ou sabe-lá-Deus-o-quê??

Particularmente, não vejo problema no fato de trabalharmos fora, mas se isto compromete a qualidade da minha vida em família, seja a família espiritual, seja a física, aí sim há um problema a ser resolvido - e só pode ser resolvido com a segurança que a Palavra de Deus dá [é claro que se o marido tiver um bom emprego também ajuda....hehehehehe]

Brincadeiras à parte, acredito que falta a nós, homens e mulheres, o melhor entendimento das passagens de Efésios 5: 22-33 e I Pedro 3:1-7.

Não tenho, ainda, grandes conhecimentos em exegese. Mas sempre entendi que a submissão nestes textos é a disposição, a qual conscientemente me coloco, de agir dentro de posições, marcos, previamente estabelecidas por Deus.

Nunca vi como pretexto para homens agirem como trogloditas ou para mulheres se anularem ou perderem sua identidade [embora, infelizmente, muitas pessoas tenham entendido assim].

Olha, este tema me animou para um bom estudo hoje! =]

Espero ter contribuído com algo, desde já.

Abraços, no amor de Cristo Jesus, nosso Senhor e Salvador!

Andreia =]

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor e amigo Newton,

Parabéns pela sua coragem em abordar esse assunto tão polêmico, em nossos dias. Tem sido difíl para muitos aceitarem o princípio divino da prioridade, pelo qual o homem, ao ser formado primeiro, foi escolhido por Deus para ser a cabeça da mulher, no lar.

Na obra de Deus, esse princípio também prevalece, não havendo base bíblica para a ordenação de mulheres como pastoras e cargos afins. Pelo fato de eu ser homem, isso soa como machismo, mas a Bíblia está acima dessas questões. Eu não posso abrir desse posicionamento para ser considerado simpático pelas mulheres.

Mas louvo a Deus pelo posicionamento da irmã Andréia, que consegue "separar as coisas", não embarcando na canoa furada da guerra dos sexos (ou machismo x feminismo).

A paz do Senhor!

Ciro Sanches Zibordi

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Newton Carpintero,

A Paz do Senhor!

Vejo essa flexibilização muito mais como uma questão política eclesiastica, que vai ao encontro de uma missão feminista do mundo atual.

Jamais a Igreja bloqueou o importante trabalho exercido pelas mulheres. A unica coisa é que isso sempre aconteceu dentro do enendimento bíblico adotado em praticamente 2.000 anos de igreja neotestamentária.

Por uma questão de educação, respeito aquelas igrejas que consagraram mulheres, no entanto, se tudo fosse tão normal, não haveria as tais intermináveis discussões acerca do assunto.

Não há porque reinventar o que deu certo até agora!

A questão é polêmica, mas esse é o meu entendimento.

Muitos que hoje defendem a ordenação de pastoras, quando se virem rodeados de mulheres no púlpito, e elas acharam que deverão ter uma líder feminina para presidí-las, começarão utilizar a bíblia para defender o contrário.

Nesse caso, meu amado, cumprir-se-á o ditado:

"Inez é morta" rsrsrs!!!!

Digo isso com todo respeito e consideração por todas as mulheres que desde os tempos de Jesus, vêm servindo muito bem ao reino de Deus, sem no entanto ostentarem o título de pastoras.
Um grande abraço!
Seu conservo,

Pr. Carlos Roberto

Presbitero Daniel Soares disse...

Paz e graça. Muito bem colocada as palavras da irmã Andreia, onde concordo. Parabens ao Pr. Carlos Roberto quando ele observa que por tras dessa avalanche de mulheres sendo consagrada, existe sim, o dedo da velha politica ou melhor politicagem que agora adentrou as 4 paredes e porque não dizer os gabinetes de pastores, onde muitos tem se rendido. é uma pena, mas cabe a Deus......oremos para nós não atendrarmos tambem por essas portas.

Anônimo disse...

moacir, rio claro, sp

vamos deixar as barbas crecerem é um mandamento de Deus:
Levítico 19:27 Não cortareis o cabelo, arredondando os cantos da vossa cabeça, nem danificareis as extremidades da tua barba.
Levítico 21:5 Não farão calva na sua cabeça, e não raparão as extremidades da sua barba, nem darão golpes na sua carne.

aé lembrei isso não é conveniente!!!
como é engraçado a gente vai fazendo de impuro ou pecado aquilo que vai sendo conveniente e não afeta o nosso gosto diretamente ou que mesmo afetanto, consigo suportar o sacrificio.
e isso foi só um exemplo!!! pra esses engomadinho de terno e gravatas, ah! e sem barba!!! cade sua honra?!

Elaine Cândida disse...

Já vi muitas pastoras expondo que Deus tem levantado mulheres para a liderança de igrejas porque os tempos mudaram e as mulheres têm ganhado seu espaço, têm mostrado tanta ou maior competência que muitos homens. Até pouco tempo atrás estiveram como que aprisionadas, ofuscadas, desprezadas... mas chegou o seu tempo de ter um lugar ao sol.

Francamente... Que argumento mais ridículo é este!

Não levam em consideração que a Palavra de Deus anda na contra-mão do mundo. O pensamento do mundo é que a mulher pode trabalhar em construção civil, praticar esportes violentos como futebol e luta-livre, por exemplo, e muitos aplaudem de pé as que se prontificam a essa façanha, desafiando a sua própria natureza e limites intransponíveis (fisicamente falando). Salvo nos casos de deficiência física ou enfermidades, o corpo de uma mulher não tem a mesma resistência nem o mesmo vigor que o de um homem e, por isso, não pode ser submetido à mesma rispidez de certos trabalhos. Mas da mesma maneira como o mundo tem passado por cima das leis do Senhor sobre casamento e constituição da família, sobre adultério, prostituição, destruição do templo do Senhor, entre tantos outros princípios bíblicos, também o está fazendo em relação à natureza feminina.

Aí, as igrejas também pensam que a mulher pode passar por cima do que Deus estabeleceu e consagram(?) mulheres para fazer o que Deus instituiu para os homens. Como bem argumenta o Pr. Ciro Zibordi, " Na Palavra de Deus não há espaço para o falacioso igualitarismo feminista, porém a Bíblia também não diz que a mulher é inferior ao homem. Ela é o “vaso mais fraco” (1 Pe 3.7). Quer dizer, mais frágil, mais sensível e, por isso, deve ser amada e honrada pelo marido (Ef 5.25-29). O princípio que deve prevalecer é o da prioridade, e não o da superioridade (1 Tm 2.13). Deus não faz acepção de pessoas (At 10.34). Por que, então, alguns homens se consideram superiores? Deus fez a mulher diferente do homem para que ambos se completem, no lar, na sociedade e no serviço do Senhor. Nesse caso, existem tarefas que o homem desempenha melhor, enquanto há atividades em que o talento feminino se sobressai. E isso também deve acontecer nas igrejas."

Pregar o evangelho, orar pelos enfermos e desempenhar todas as tarefas de um seguidor de Jesus, portanto, enquanto cooperadoras da obra de Deus, mulheres não só podem como devem fazer.O que Palavra de Deus lhes veda, é o desempenho de funções reservadas aos ministros.

Além do mais, já prestou atenção como basta virar cantora para se tornar pastora também? Virou moda receber esse título assim que se grava um cd. Será que é brinde?

Deus tenha misericórdia de quem procura agradar homens e à sua própria vontade, passando por cima da Palavra de Deus e da Sua vontade soberana e perfeita, pois correm o sério risco de se enquadrar no que diz Mateus 7.21-23.

Shalom.

Anônimo disse...

Aqui não se pode contra argurmentar de modo superior ao dono do blog, pois não terá sua postagem aceita.
Uma pena.

Newton Carpintero, pr. disse...

Amargo Anônimo,

Argumente, mas informe o seu nome com foto!

O Senhor te ajude!

pr. Newton

Anônimo disse...

GOSTARIA DE SABER ONDE NA BÍBLIA ESTA ESCRITO QUE MULHERES NÃO PODEM SER PASTORAS, E ESTAR A FRENTE DE UM TRABALHO NA IGREJA.

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezado Anônimo,

É triste que você confronta a minha afirmação com a insensatez de cobrar alguma informação, sem ao menos, por educação, informar o seu nome.

Pretendo lhe responder após a informação do seu nome. Afinal, eu sem nenhum temor, ou preocupação informo o meu nome, bem como, a minha foto. Portanto......

O Senhor o(a) ajude!

pr. Newton

Anônimo disse...

É como você diz. As mulé são feita pa se capacho dos home memo. Os home manda, as mulé bedece! E queta! Ai se as mulé abri as boca ou quisé se igual os home! Vai tudo leva na cara! Essa é a vontade de Deus né? Afinal, a mulher foi feita a partir do osso do calcanhar do homem...
Mesmo que não seja autorizado, sei que vai ser lido.

Newton Carpintero, pr. disse...

Amargo Anônimo,

Triste! Autorizei o seu comentário, para ser exemplo do que não se deve comentar. Afinal, este tipo de posição esdrúxela deve ser conhecida por todos:

Tanto os contras como os a favor!

No final, com certeza, a última Palavra está nos ensinos bíblicos sem deboche e com muito cuidado. com Deus não se brinca, e você é um zombador, que necessita ler um pouco mais a Palavra de Deus, e não viver com a sua mente confusa, resultado da revolta em seu coração.

Da Próxima vez, favor informar o nome, mesmo que seja um qualquer, mas se identifique. Somente assim, permitirei as suas críticas.

As críticas são bem-vindas com assinatura, sem covardia.

O Senhor te ajude!
pr. Newton

Gutemberg Maciel disse...

Caro Pastor Newton,
Graça e Paz!

Que o Senhor Deus continue lhe abençoando grandemente. A verdade só encomoda quem esta no erro, pois quem pratica a verdade ao ouvi-las é encorajado a permanecer na mesma. Meu parabéns por esta postagem.

Nos Laços do Calvario

Pr. Gutemberg Maciel

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado pr. Gutemberg Maciel,

A paz do Senhor!

Unidos à Palavra de Deus, encontraremos sempre resistências ao simples Evangelho da Verdade.

A confusão aumentará nestes momentos dos últimos dias do Final do Tempo.

Sigamos em frente amado pastor, com a certeza da responsabilidade, colocada em nossas mãos, apesar da nossa pequena força o nosso Deus é o nosso General.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton

Zilmar disse...

Exatamente!!! Concordo plenamente com o texto.

Zilmar disse...

Lamentável sem noção e desprovido de conhecimento apenas para escarnecer daquilo que é a verdade.

Zilmar disse...

Veja nos originais gregos este oficio está no masculino e Deus pai como seu filho nunca separou mulheres para sacerdotiza ou apostulas etc... Pois cada qual deve estar no seu papel determinado por Deus.

Zilmar disse...

Perfeito argumento dentro da palavra de Deus.