quinta-feira, 28 de maio de 2009

João Batista estava errado! ERRADÍSSIMO!


Se ele vivesse hoje, nestes loucos anos de após 2000 DC, seria ele, João Batista, um necessitado em aprender a evangelizar?

Na visão profunda dos atuais: Bispos e Bispas, Apóstolos e Apóstolas, Profetas e Profetizas, bem como, os Doutores em Arcanjos, Serafins, Demoniologia, Divindade, Psicologia, Arqueologia, Sociologia e várias gias, é possível acreditar que seja de esta extrema “necessidade de Deus”, tantos títulos?

Será que existe esta necessidade?

Será para “melhor resultado”? a quantidade de pastoras que surgem como pipoca em todas as denominações? e antes do arrebatamento da Igreja de Jesus Cristo, a Santa Noiva Eleita? Bem como os novos apóstolos?

- Creio que não!

Visite no blog do Pastor Ciro: cirozibordi.blogspot.com e você poderá ler uma grande explicação sobre o posicionamento da mulher no seio da igreja:

O que a Bíblia diz (ou não diz) sobre o chamado ministério pastoral feminino.

A coincidência ou o aumento destas posições, é o resultado do enfraquecimento da igreja e de seus líderes, na escolha de Ministérios de Família, ou de seus adjuntos interessados em agradá-los em tudo e por tudo?

- Creio que sim!

Ele, João Batista, seria nada em evangelismo, se o compararmos aos grandes gênios da atualidade. Claro ele, João Batista, deveria aprender, com os profissionais de evangelismo, os vários ritmos que imitam as músicas ou canções atuais no Mundo, para se fazer entender?

- Creio que não!

Ele, João Batista, deveria aprender, com alguns pregadores, a contar algumas piadas ou anedotas, fazer muito charme, provocar com bastante artimanha o sorriso constante da platéia, e se possível, com luzes coloridas e grandes efeitos visuais. Nunca se alimentar de gafanhotos ou mel silvestre, ou quiçá, com grande quantidade de fumaça para embelezar e criar arrepios na multidão. Assim, poderia provocar o evangelizar com mais entusiasmo?

- Creio que não!

Treinar muito bem a sua voz, para poder pronunciar com maior envergadura:

- Raças de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?

Ele, João Batista, deveria utilizar a sua melhor gravata, e de preferência com o seu melhor terno, se possível o mais atual, e assinado por um excelente alfaiate, com as mangas um pouco mais curtas, assim, apareceria o seu relógio de marca e muito caro?

- Creio que não!

Ele, João Batista, creio que sentiria vergonha da preocupação dos líderes atuais. João Batista deveria em provocar o otimismo, sem entender o que significa a palavra Fé e esquecê-la da sua atuação?

- Creio que não!

Fé, não é apenas resultado de otimismo, sim, resultado da convicção total, em se crer no impossível de Deus, e nas respostas espirituais aos corações dependentes e correspondentes ao serviço de Deus. Ser testemunho vivo. Ser uma carta que pode ser lida pelo mundo.

- Creio que sim!

O otimismo, tenta contemplar a todos com valores humanos, afastando radicalmente a teologia basada na fé.

Ele, João Batista, não era positivista, como muitos pastores. E sim, era apenas credor da dedicação à Verdade, e a proclamação das Boas Novas.

- Creio que sim!

Como credores do amor, devemos praticar o bem, e produzir uma vida condizente com a Palavra de Deus, com o viver em testemunho a cada momento de nossas vidas.

- Creio que sim!

Maranata! Ora vem Senhor Jesus!

O menor de todos os menores.

11 comentários:

Cristiano Santana disse...

Se João Batista existisse hoje, com certeza ele estaria "errado" do ponto de vista da elite eclesiástica, isto porque esse profeta denunciaria, em palavras trovejantes, todos as perversidades que têm sido cometidas, em nome de Deus, no seio das instituições evangélicas.

Na verdade existem hoje homens animados pelo mesmo espírito de João Batista (incluo o pr Newton Carpinteiro). A semelhança desse profeta sempre há um complô, uma conspiração para que sejam calados.

Nas igrejas pelo mundo, esses homens não tem perdido a cabeça de forma literal, mas em um sentido simbólico, pois lhes são tirados todos os privilégios, a honra, os cargos, através de um procedimento humilhante diante de todos os membros, pelos simples fato de um dia eles terem começado opor-se contra atos perpetrados por seus líderes, que contradizem as Santas Escrituras.

Um grande abraço meu pastor

Cristiano Santana
http://cristisantana.blogspot.com

Ciro Sanches Zibordi disse...

João Batista estava errado? Creio (e tenho convicção de) que não.

Pastor Newton está certo? Creio (e não tenho dúvidas de) que sim.

Existem muitos pregadores hoje com a coragem de João Batista? Creio (e tenho certeza de) que não.

João Batista é um paradigma para nós? À luz de Mateus 11, creio (e tenho convicção de) que sim.

Operou João Batista algum sinal? De acordo com João 10.41, creio (e tenho certeza de) que não.

Este blog é uma bênção? Creio (piamente) que sim.

Com toda a certeza,

Ciro Sanches Zibordi

Blog do Jordanny Silva disse...

Ótima postagem, amado Pr. Newton!

Peço inicialmente, perdão pelo tempo que não passo por aqui para comentar... Estava um pouco envolvido com o trabalho e com alguns projetos, diante de Deus, que gerarão, talvez, muito desconforto até para os membros de minha igreja.

João Batista é, sim, uma referência, como muitas outras, de vida sincera de dedicação à Verdade a qualquer custo (sua própria cabeça). Atualmente, não mais entregamos nossa cabeça para ser cortada; pelo contrário! Queremos sempre agir de acordo com ela deixando o Cabeça em segundo plano.

É exatamente por isso que a igreja caminha, a passos largos, para a perdição. Quem dera se todos nós tivéssemos a coragem de diminuir a ponto de entregarmos a nossa própria cabeça para que Cristo tome, em totalidade, a direção de nossas vidas como o Cabeça da Igreja!

Hoje a nossa cabeça (ego) é quem dita as regras de fé e de conduta. Hoje a nossa cabeça é que quer determinar a vontade de Deus. Hoje a nossa cabeça é que interpreta a Palavra de forma particular para que a auto-estima seja alimentada.

A questão agora é: temos coragem de permitir que a nossa cabeça (ego) seja arrancada por amor a este evangelho? Se a nossa cabeça (ego) nos faz pecar, arranque-a fora; pois é melhor entrar no céu sem esta parte do corpo, do que queimar o corpo todo no inferno!

Que o Cabeça tome o governo de nossas vidas!

A paz do Senhor!

Jordanny Silva

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro r. Newton Carpintero,
A Paz do Senhor!

Obrigado pelas suas reflexões firmes e contundentes para o bem!

Assim como João Batista não agradou, qualquer um que falar a verdade em nosso tempo conturbado, também não agradará.

No entanto, lutemos para que o Senhor nos revista com a sua graça, de tal forma, que tenhamos poder em nossas palavras, para combater aos contradizentes, assim como o Apóstolo Paulo orientou a Tito.

Um grande abraço![
Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamados e valorosos, homens de Deus, pr. Ciro Zibordi, Cristiano Santana e Jordanny,

A Paz do Senhor!

Receber os seus comentários, é de suma importância. O meu coração exalta a Deus por suas vidas, e a minha oração, é a de pedir ao Senhor que os fortaleça sempre como exemplo valoroso para os que carecem de ouvir o Evangelho com Poder e ousadia.

O Senhor, seja com cada um dos amados,

pr. Newton

Victor Leonardo Barbosa disse...

Excelente artigo pastor Newton.

Infelizmente já vi pessoas afirmando que João batista estava errado em seu modo de "tratar" as pessoas. Afirmação absurda.

Os grandes problemas hoje em dia é que muito não querem a glória de Deus e tampouco querem perder a cabeça(no melhor sentido da Palavra!).

Um forte abraço e Paz do Senhor!

Matias Borba disse...

Hoje a verdade é tida como aberração e coisa do capeta, é assim que muitos levam a vida, crendo em tudo o que lhes é dito.

Prova disto é a campanha de aquisição do aerojato da fé para o "apostolo" Renê Terra Nova.

Como vi coisas assim dão "lucro", já iniciei minha campanha também.
Não deixe de participar da campanha do blog Encontro com a Bíblia, é só confeir.

Abraços!

CristaoTube - Edificando o Reino de Deus disse...

Olá Blogueros, depois do site de vídeos YouTube que revolucionou a internet no mundo todo, o

site CristaoTube está se destacando, o primeiro site de vídeos cristão. Na verdade o site é

uma mistura de Myspace com Youtube, sendo único, com um design totalmente inovador e

estiloso.
Visite: http://www.cristaotube.com.br

Ele é o primeiro site de vídeos Cristão do Brasil, e melhor, nele você pode colocar músicas,

clipes e ter o seu próprio Blog álem de ter acesso a notícias e matérias exclusivas.

PAULO MORORÓ disse...

Caro pastor, a Paz do Senhor.
Que mensagem firme e tocante!
Graças à Deus por sua coragem em evidenciar um homem tão simples.
É bom e oportuno lembrar que João Batista era filho de um sacerdote e uma mulher das filhas de Arão, Lc 1.5, e mesmo assim soube discernir sua chamada profética, não ficando na "aba espiritual" ou "aba ministerial" do seu papai da terra, para quem sabe um dia... depois de manobras políticas e de outros acertos, viesse a ser o "VICE" e depois era só esperar a natureza fazer o resto. Muito pelo contrário, assumiu a sua própria chamada espiritual, não as vestes lindas do papai da terra,(as vestes sacerdotais eram chamativas e honrosas), mas preferiu as vestes de justiça do Pai do Céu.
Que linda reflexão sua, amado pastor.
Quisera eu que muitos dos filhos, genros e perentes de Ministros do Evangelho tivessem a mesma convicção de João Batista, e não ficassem pensado e agindo como herdeiros de cargos de uma DINASTIAS ECLESIÁSTICAS, sem a unçao Divina.

Um abrraço
PAULO MORORÓ

MIN. DESAFIANDO OS CAMBIADORES EVANGELICOS disse...

Pr Newton, passei para retribuir a vossa visita, muito relevante este texto que o sr nos expoe e nos leva a pensar, se João Batista vivesse hoje, muitos seriam os candidatos à arrancar a sua cabeça...
Gostaria de discorrer sobre o pastorado feminino...Sem ser guiado por um sentimento machista, no meu entendimento bíblico, o ministério pastoral deve ser exercido por um homem e não por uma mulher, a ordenação da mulher ao ministério pastoral em nossos dias é simplesmente fruto da forte influência do movimento feminista no meio evangélico, que nesta época pós-modernismo vem se deixando minar por todo tipo de vento de doutrina humana.
O mundo está de cabeça para baixo e o seu padrão ético, moral, social e espiritual está totalmente contrário ao padrão que Deus nos deixou desde o princípio e nós devemos tomar muito cuidado porque as ideologias pregadas pelo mundo muitas vezes podem parecer justas e corretas aos sensíveis sentimentos humanos, mas contrariam os ensinamentos bíblicos. Erra, portanto, aquele que guiado pela ideologia feminista dos direitos iguais, separa e consagra uma mulher para o pastorado.
Deus já designou um ministério para as mulheres, por intermédio de Paulo Ele diz para Timóteo: Quero que as que são moças se casem, gerem filhos, governem a casa e não dêem ocasião ao adversário de maldizer - I Tm 5.14. E para Tito: Às mulheres idosas, semelhantemente, que sejam sérias no seu viver, como convém a santas, não dadas a muito vinho, mestras do bem, para que ensinem as mulheres a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos, a serem moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas a seu marido, a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada - Tt 2.3-5.
A mulher tem como ministério dado por Deus, uma grande responsabilidade para com o lar e a família, seja na dedicação ao seu esposo ou na criação e educação de seus filhos. Com o seu procedimento casto ela exerce influência nas mulheres mais jovens da igreja, ensinando-as a seguirem o seu exemplo de idônea serva do Senhor e a rejeitarem o padrão antibíblico ditado pelo movimento feminista, que é o de por a mulher em pé de igualdade com o homem, com relação a assumir as atribuições e tarefas antes a eles outorgadas e que a cada dia estão sendo substituídas por elas... Grande abraço na paz de Cristo pastor Newton...

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

1. Nobre Pr Newton, estamos vivendo as últimas horas da igreja. Urge que o Eterno levante verdadeiros atalaias da verdade. Conforme falamos Via NExtel, as multidões querem somente ouvir seus artistas favoritos, e gritarem, assobiarem, darem pulinhos etc. Eles não amam a verdade. Não conseguem ouvirem mais as verdades irrefutáveis do Evangelho bíblico, cristocêntrico. Querem massagem em seus egos! Preguei 45 minutos, e teve um evangelista que veio me dizer que ouviu no meio da multidão que eu já estava falando demais! Óh Deus, tenha piedade dessa geração!

Tenho que concordar com o salmista:

"Rios de águas correm dos meus olhos, porque [os homens] não guardam a tua LEI" Sl 119.136

Nele, que nos chama a pregar o Evangelho que é poder de Deus

Pr Marcello de Oliveira