domingo, 3 de maio de 2009

Campanha Contra os Pastores Divorciados! (06)


Estou me DIVORCIANDO!

Não sou como os Pastores que calam a sua Boca!

EU TENHO A CORAGEM DE DECLARAR QUE ESTOU ME DIVORCIANDO!

E NÃO QUERO MAIS ASSUNTO!


Não posso aceitar esta questão do Divórcio, de boca calada, e estou disposto a me Divorciar dos que estão com medo!

Não posso conviver com um evangelho de brincadeiras e repleto de heresias, sem me pronunciar.

Estou DIVORCIADO dos que calaram suas bocas. Informarei sempre que puder, o que está ocorrendo com os chamados de Bocas Caladas ou Medos Sem Fim. Esta são as duas tribos, mais perigosas, e que devagarinho, vão atirando suas flechas invisíveis com um veneno altamente destruidor de lares.

Muitos, estão consentindo a eficácia do Divórcio, preparando, quem sabe, o seu caminho para o seu futuro. Pensam eles, que esta lei poderá passar em breve dentro de algumas convenções, e assim, tirar proveito para os reis do evangelho, decidirem proclamá-la um caminho comum a seguir.

Segue abaixo, o link que retirei hoje, do Jornal El Nuevo Herald, que recebo por assinatura, e o lí, logo após, estar estudando sobre o Divórcio, portanto verifique, está em espanhol, mas é fácil a sua leitura ou utilize a ferramenta para tradução:
http://www.elnuevoherald.com/opinion/cartas/story/440286.html

Senhor, perdoe os que calam, mas lembre-se, eles SABEM o que FAZEM!
Maranata! Ora vem Senhor Jesus!

pr. Newton Carpintero - Pronto para o Arrebatamento!

17 comentários:

Laguardia disse...

Não sou jornalista nem escrito. Se quer escrevo bem. Sou aposentado. Meu imposto de renda é retido na fonte pelo INSS. Já nosso querido apedeuta tem sua receita de INSS como anistiado político acima do teto do INSS livre de IR.
Minha forma de lutar contra os desmandados implantados por este governo corrupto no Brasil é através de um blog http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/
Gostaria de contar com a presença e dos comentários das pessoas de bem que não se conformam com a desonestidade, a falta de ética e a corrupção em nosso governo.
Um grande abraço

Laguardia disse...

Pastor Newton

Obrigado por se tornar um seguidor do Blog Brasil Liberdade e Democracia.

Peço as suas orações pela nossa pátria cujos governantes se afastam cada vez mais de Deus e de seus mandamentos.

Nunca vi antes tanta corrupção, falta de ética, falta de moral e desrespeito as leis de Deus.

No Congresso há uma legislação que se aprovada tornaria crime dizermos que a Bíblia condena o homoxessualismo.

Ex Presidente do Senado Renan Calheiros pagou pensão a amante com dinheiro dos nossos impostos.

Há o projeto de descriminalização do uso da maconha.

Nosso presidente da república não vê nada de mais no uso indevido de verbas do congresso para privilegiar amigos e parentes.

Não passa uma semana sem que haja um escandalo novo.

O atendimento público de saúde é precário e o ensino público está sucateado.

Estamos tremendamente necessitados da Misericórdia de Deus.

Thiago disse...

olá pastor. continuo esperando a sua resposta no blog do robson ou nesse mesmo, como o senhor prometeu.

A PAZ

LAGUARDIA

Vou ao seu blog dar uma força!
Faço parte do Movimento Pró Democracia que cobra do TRE atitudes quanto as ilegalidades promovidas por Eduardo Paes durante a campanha eleitoral para a prefeitura carioca.

juntos somos mais!

One love!

Newton Carpintero, pr. disse...

Caro Thiago,

Irei responder à sua questão no momento devido, pois, estou extremamente atarefado com os meus compromissos no trabalho secular que surgiram nesta semana em minha nova tarefa.

Não a responderei, indevidamente ou sem estudar cada uma pergunta. Afinal, o respeito e creio, que a sua postura mediante seus comentários é digna de coerência e apoio nas minhas respostas.

O avisarei por e-mail. E, a seguir porei uma matéria relacionada ao seu comentário e questões, o que poderá levar umas duas semanas.

Para o momento desejo que o Senhor te ajude!

pr. Newton

Newton Carpintero, pr. disse...

Caro LaGuardia,

Graça e Paz,

Após o seus comentários, e a sua demonstração de estar indignado, mediante tantos erros, cometidos pela igreja e pelo governo. Só poderei responder a sua questão com parte do seu texto que segue abaixo, E precisa mais?

"Estamos tremendamente necessitados da Misericórdia de Deus." Concordo com você!

O Senhor te ajude!

pr. Newton

Thiago disse...

Ok Pr. Muito obrigado.
Estabelecido esse prazo, não precisarei visitar cotidianamente o blog.

Estaemos aguardando.
Bom trabalho e bons estudos.

Um bom lugar para começar é o blog do jornal carioca O Globo.(um dos principais do país)

http://oglobo.globo.com/blogs/sobredrogas/

Imenso arquivo sobre tudo o que queira saber no tema drogas e, por consequência, a Marcha da Maconha.

Informação é a base para qualquer debate.

A Paz!

Juber Donizete Gonçalves disse...

Pr. Newton,

A questão do divórcio é preocupante, porque parece que para os pastores estão brincando de casamento. Sei de alguns que divorciam facilmente. Se a mulher é fiel, dizem que foi incompatibilidade. Ou então fazem algo cruel, não divorciam no papel, mas na prática, pois exilam a esposa para algum lugar do país ou até em outro com alguma desculpa e vivem com a "nova esposa espiritual" - amante na verdade. Parabéns pela sua coragem e empenho nas denúncias.

Abraço.

Pr. Sérgio disse...

Caro Pr. Newton Carpintero, graça e paz!
Precisamos exatamente nos divoricar dos covardes que imprudentemente tem se portado de maneira omissa quanto à denunciar a corrupção dos preciosos valores do Reino que vão se arruinando a cada dia. Infelizmente parece-me que boa parte de nossa gente gosta dos covardes que bajulam os erros e até os pregama. Carecemos cada vez mais de homens destemidos que não aceitam os modismos religiosos e o liberalismo teológico de nossos dias. Um forte abraço!
Pr. Sérgio Pereira
http://prsergiopereira.blogspot.com

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado pr. Sérgio,

Graça e Paz!

Amém, nobre pr. Sérgio. Grato estou ao Senhor, em encontrar crentes verdadeiros, com o desejo ardente em agradar ao Senhor.

O Nosso Mestre e Digno de toda a Honra e toda a Glória! Portanto, oremos para que muitos destes modismos e heresias, sejam descobertos e denunciados por quem possui temor a Magestade de Deus.

Não nos calemos de forma nenhuma aos falsos que tentam articular
facilidades para os que vivem maritalmente, ou seja, em engano diante de Deus.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado pr. Juber Donizete,

A Paz do Senhor!

O meu coração se alegra, sempre que encontro, vidas como a sua. Vidas decididas, a não aceitar as ranhuras do pecado.

O pecado da desobediência está causando tristeza, pela insensatez do ministério de muitas igrejas, que se CONFORMAM COM O MUNDO, e se desmancham em delícias com a possibilidade do Divórcio ser aceito de maneira comum e mentirosa aos desígnios de Deus.

Denunciemos e não nos calemos!

O Senhor seja contigo!

pr. Newton

Newton Carpintero, pr. disse...

Caro Thiago,

Eu senti, desta vez, algo incrível, quando iniciei a resposta ao seu comentário.

Posso lhe chamar de amado de Deus, apesar da sua maneira momentânea de conduzir os textos anteriores em resposta à diversas matérias, inclusive no blog do dc. Robson.

Posso lhe afirmar, que o Senhor tem algo de especial para você.

O mais incrível, é que você estará aguardando minhas respostas aos seus questionamentos. E as prepararei.

Peço a você, que em um lugar solitário, sem o mínimo de possibilidades de ser interrompido, inicie uma conversa com Deus. Ele, estará dando-lhe uma experiência pessoal e especial. O Senhor, necessita de você! Ele, possue algo de muito especial, que você não imagina para a sua vida.

Se você estiver disposto a este desafio. Não lhe custará nada!

Ele, de uma maneira especial, lhe mostrará algo sobre a maconha, e você publicará comentários sobre esta folha, com total esclarecimento, e de maneira viva.

Deus te abençõe!

pr. Newton

Thiago disse...

Pode me chamar de amado sim!
Sou amado por Deus e louvado por todos os anjos do coral celestial, e Ele continuará me amando nos meus erros, pois sou Seu filho e Ele me deixou aqui para errar e acertar, como todos os outros!

Acredito tb que Deus tenha algo especial para mim.
Entrar em sintonia com Deus não chega a ser um desafio e nem carece de solidão ou silêncio mas posso faze-lo sem problemas. Sou a imagem e semelhança d'Ele, portanto, diretamente ligado a Ele o tempo todo. Em espírito e em Verdade. Meu testemunho é vasto e se atualiza a cada dia.

Não acho tb que seja incrível aguardar a tua resposta. Acho natural. E tb não é incrível q tenhas me preparado a resposta, estou esperando faz tempo, ué. Qual a surpresa?

Quero saber a sua resposta pois a de Deus já recebi faz tempo.

Gostei quando se referiu a planta como "folha"

Muito mais próximo da verdade do que "erva desgraçada"

E assim evoluimos em direção a perfeição.

Ainda no aguardo

A Paz de Jesus

Luis Paulo Silva disse...

Deus criou o casamento e apenas permitiu o divórcio por conta dos corações endurecidos. Quem pode na Terra interpretar a Escritura melhor do que o próprio Jesus? Deus odeia o divórcio e ponto final.

Peçamos misericórdia a Deus, oremos pelas nossa esposa e vice-versa, pois o inimigo é muito espertinho.

Se há uma traição, o traído pode se divorciar, isto é permitido, mas casar de novo é outra coisa bem diferente, pois diante de Deus isto se chama prostituição, ok?
Com relação à "pastora" que está defendendo os pastores divorciados, só tenho uma coisa a dizer: Eu, particularmente não debato qualquer questão com alguém que se dizendo cristão, não crê integralmente na Palavra de Deus. Ela está precisando realmente nascer de novo e sujeitar os seus próprios desejos e pensamento à Palavra de Deus, caso contrário, só lamento pois o inferno não se farta.

Que nos abra o entendimento.

Luis Paulo Silva

Anônimo disse...

Prezado Prº Newton Carpinteiro.
A paz do Senhor Jesus Cristo.

Com referência ao assunto "divórcio" dou meu parecer:

Gn. 1:27 E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou.
Gn 2;18 E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só: far-lhe-ei uma adjutora {que esteja} como diante dele.
23 E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne: esta será chamada varoa, porquanto do varão foi tomada.
24 Portanto deixará o varão o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.

Deus sabia o que estava fazendo quando criou a união estável.
Obs: SERÃO AMBOS UM. Este era e continua sendo o padrão do Deus todo poderoso. Percebe-se que o foco era estabilidade.Resultado: Filhos sadios, nação bem alicerçada, claro que não isenta de discordâncias em alguns momentos.
Mc 10;2 E, aproximando-se {dele} os fariseus, perguntaram-lhe, tentando-o: É lícito ao homem repudiar {sua} mulher?
3 Mas ele, respondendo, disse-lhes: Que vos mandou Moisés?
4 E eles disseram: Moisés permitiu escrever carta de divórcio, e repudiar.
5 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Pela dureza dos vossos corações vos deixou ele escrito esse mandamento;
6 Porém, desde o princípio da criação, Deus os fez macho e fêmea.

Com base na palavra de Deus, não posso concordar com o divórcio.

O pastor que fez meu casamento há 22 nos informava na época que o casamento é como uma planta que precisa ser sempre regada. Deve ser promovido. Dizia também que era semelhante à duas pedras descendo cachoeira a baixo "estariam se batendo durante um período porém, muito breve se ajustariam e então nunca mais se separariam. (as muitas águas não poderiam apagar este amor)

Prº Newton: À luz do que está registrado na Bíblia de Estudos Pentecostal em suas notas de rodapé há uma afirmação de que o cônjuge traído "somente neste caso" está livre para casar-se novamente. Ver livro de Marcos. Cap 9 = notas.

Favor dar seu parecer:

Aprendi de pastores veteranos que se o cônjuge ofendido (pois a traição é uma violência contra o cônjuge) que em casos desta natureza recomendáva-se o perdão entre os cônjuges para que os filhos e até mesmo o casal não sofresem maior dano. Em muitos casos a obediência à esses ensinos geravam frutos bons para o futuro.(Quer ser feliz por um momento, vingue-se. Quer ser feliz para sempre, perdoe= Lutero) "O amor é forte como a morte Ct".

Infelizmente o que acontece a muitos casais "macho e fêmea os criou" é a falta de conhecimento ou até mesmo negligência ao ensino das Sagradas Letras. Oséias. Sem conhecimento o povo é destruído.

Caso Real: Recentemente conversei com um amigo que não é evangélico. Ele teve uma esposa com a qual teve 5 filhos após vários anos de convivência (razoavelmente boa) entraram numa fase aguda de discórdias findando com a separação. Casou-se novamente: Hoje faz vários anos que estão juntos. Ele afirmou: Pra não ser injusto e dizer que troquei 6 por 1/2 dúzia prefiro dizer que troquei por 7. Resumo: A ilusão não é fundamentada no amor. O amor tudo suporta. Acho que eu deveria ter tentado salvar meu primeiro casamento (demonstou ele). Más, já era muito tarde.

Penso que casos como estes e outros em que os defensores florecem à margem dos ensinos bíblicos , deveriam fazer parte no aconselhamento de jovens que no início do namoro nem de longe imaginam que uma paixão tão marilhosa pode desaguar no poço de amargura. Um edifício por maior que seja, deve estar bem alicerçado para que possa resistir as intempéries da vida a dois sem apresentar sinais de rachaduras.

A Bíblia tem resposta para tudo.
As idéias e costumes do mundo não servem como padrão. Não temos o direito de interpretar a Palavra de Deus de maneira particular.

Que o Espírito Santo continue nos capacitando a entender a fonte inesgotável que são as Sagradas Letras.
Continuemos buscando sabedoria pelas madrugas a fora. Estudando, pesquisando, analisando, etc.

Obs: Ao servo do Senhor, não convém contender. Precisamos lembrar sempre disso.

Fraternalmente em Cristo Jesus
José Roberto Santana
Jd. Casqueiro- CB. Estado de São Paulo= Brasil

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado José Roberto Santana,

A Paz do Senhor!

Agradeço o seu comentário, e a sua preocupação normal a este assunto, como um verdadeiro servo de Deus.

A heresias, estão chacoalhando as igrejas, em profunda exaustão, e devemos nos levantar, contra a falta de ensino direto e objetivo.

O dever social, deve ser aplicado de maneira muito direta, para que os jovens, como estrutura da igreja futura, tenham bem fundamentados os seus alicerces espiritual e social, bem como, delatar os erros da sociedade atual.

Necessitamos anunciar, e não se conformar, com a sutíl armadilha dos casamentos, sem uma estrutura necessária ao sucesso da igreja.

O comum ao mundo, por falta de vigilância, já é parte de algumas igrejas, que esqueceram do convívio com Deus.

A culpa dos eventos prejudiciais a saúde da igreja e simplesmente dos mais velhos, que não possuem o sentido da correta liderança estimulada pela sabedoria e conhecimento em Deus.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton

Anônimo disse...

Prs.sei que DEUS condena o divórcio
assim como todo tipo de pecado.
NEM todo divórcio é pelo fato de estar querendo trocar de conjugue por um melhor ou pior.
ELES erraram, então vocês estão querendo dizer que não eziste perdão ,ném mizericórdia para o divorciado.más para o assassino´tém,pedófilo tém ,ladrão também .ACHO QUE A IGREJA DO SENHOR
JAMAIS É A FAVOR DA SEPARAÇÃO DEVEMOS SEMPRE PREGAR O AMOR ,A UNIÃO E A MISERICÓRDIA TAMBÉM.

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado Anônimo,

A Paz do SEnhor!

Sim! Deus condena o Divórcio! Bem como, todo e qualquer tipo de pecado.

A proposta de Deus, é bem clara, no Livro de Mateus 5:32:

"Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher(marido), a não ser por causa de prostituição, faz que ela(ele) cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério."

1)A resposta a esta situação é bem direta, e não possue, contornos de possibilidades. A responsabilidade está nas mãos do que cometeu o adultério, e deverá abraçar esta condenação. Não há a possibilidade de vir a ser perdoado(a) se viver em adultério.

A solução será separar-se do novo marido ou esposa, e levar uma vida casta, até que o primeiro(a) venha a falecer. Pois, está escrito que o acordo, a união, será até que a morte os separe.

2) Se houver uma separação por incompatibilidade de gênios, será a mesma responsablidade, só que desta vez, para ambos. Ou seja, não poderá haver outro casamento, antes da morte de um dos casados.

2) Se houver violência domêstica ou um dois dois abraçar o evangelho e se ver prejudicado extremamente pelo marido(esposa), e não conseguir manter de maneira nenhuma o relacionamento, será entendido que, o que se separa não case, até que o outro venha a falecer.

Dura esta palavra, mas, não há fragilidade diante de Deus, para quebrar esta regra. O Senhor odeia a separação, O Senhor não dá regalias aos separados, que não seja segundo a sua Palavra.

O homem, tem aceito argumentos, não convincentes, diante destas propostas. Imagine, se fosse tão simples. Estaríamos vivenciando o maior número de divórcios, como nunca antes visto. E o perdão de Deus seria vendido nas esquinas por qualquer um. Não é simples!

Até mesmo a misericórdia de Deus, possue um preço. E, este preço foi a Morte de Seu Filho Jesus Cristo na Cruz. Ele pagou este preço por nossa salvação.

Qual será o custo que um desejoso de divórcio gostaria de pagar? Com certeza, a possibilidade de um novo casamento. Fácil e objetivo!

A grande maioria deseja esta facilidade, ou seja, renunciar ao velho e angariar o novo (parceiro ou parceira). Todos querem trocar o usado(a) ou o velho(a), pelo novo.

A experiência proporcionará o amor necessário, ao casal, para a manutenção do relacionamento, se as mentes, estiverem primeiro em Cristo. O Dono e Criador da Vida.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton