domingo, 26 de abril de 2009

Será o Benedito? Divórcio JÁ! (01)


A expressão "Será o Benedito", é usada quando alguém tem alguma dúvida sobre qualquer coisa.

Esta, é uma das expressões catalogadas como popular, resultado de momentos da política no Brasil.

"Eu não sou contra, nem a favor, muito pelo contrário!" Esta, é outra muito comum, medrosa e irresponsável, que está sendo utilizada em demasia, pelos crentes carnais.

A igreja, necessita imediatamente de uma palavra firme dos líderes. Não há mais tempo, para frear esta pouca vergonha, que escandaliza o Evangelho. Homens que se dizem de Deus, estão dando-se em casamentos, após um divórcio interesseiro e carnal.

Alguns estão como pastores, à frente de igrejas e congregações, em forte desafio aos desígnios de Deus. E, quem os deixa ocupar estas posições, também necessita ser retirado à força dos púlpitos.

Um basta, precisa ser dado pelos servos de Deus, a esta situação extremamente prejudicial ao futuro da igreja.

Existe, uma igreja no Brasil, que já é conhecida como a igreja dos divorciados. O pastor foi o primeiro a dar o exemplo. E, muitos aceitaram, pois, assim, todos ganharam a Carta de Alforria. Descasa e casa, quem quiser! Fácil!

Este, é o Baú da Felicidade para muitos pastores, que com as ofertas, ficaram em boa situação, e agora querem trocar as suas velhas esposas por uma mais "novinha". E, pior querem continuar no ministério!

Escrevo assim, porque tenho base e conhecimento de causa! Verifique com cuidado, se o seu pastor está nesta situação, e vamos acabar de vez por todas com esta zombaria.

Eles são homens sem temor, e o que somos nós, com a nossa boca calada? Será que devemos utilizar em nossas vidas a expressão:

"Eu não sou contra, nem a favor, muito pelo contrário!"

Não! Não! Não! Ele é Santo! Santo! Santo!

O Senhor vai cobrar de cada um de nós, se calarmos!

Por favor, envie sugestões sobre este tema. Não queremos que mais Famílias, sejam encontradas, como a foto desta matéria.

Maranata! Ora vem Senhor Jesus!

pr. Newton Carpintero

20 comentários:

Mark Lemos disse...

Prezado Pr. Newton, Paz!

Mais uma vez parabens por sua postura em combater o divorcio. A mesa diretora da CGADB precisa reverter a sua decisao de 1995 quando abriu a possibilidade de divorcio para pastores. Conheco casos tambem de pastores que fracassaram em seu matrimonio e estao ai casando, namorando ou com uma outra em vista.

Que Deus tenha misericordia de nossa CGADB.

Um forte abraco!

Newton Carpintero, pr. disse...

Paz, prezamado pr. Mark,

Grato, pela sua apreciação a esta matéria. Creio que devemos postular, uma decisão imediata a esta situação epidêmica, que está afrontando à Família.

Escuto, por vezes, alguém insinuar que não deseja, entrar nestes méritos, pois, Deus está a par da situação, e Ele, fará alguma coisa.

Creio sim, que fará através da nossa decisão, em não aceitar o quem está ocorrendo dentro da igreja.

Os casos de Divórcio, já são muitos e se multiplicarão pelo interesse de alguns.

Que o nosso interesse seja maior do que o deles, por Jesus Cristo.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

1. Amado Pr Newton, o casamento nasceu no céu, o divórcio na terra. Os marcos antigos foram arrancados e cada um vive à mercê de suas próprias idéias. Com isso, a instituição do casamento é desprezada e o concubinato legitimado; os vínculos conjugais afrouxados para se estimular o divórcio; a verdade relativizada para justificar as atitudes egoístas.

2. Temos que tomar cuidado com o divórcio. Seneca ilustre intelectual romano disse: As pessoas casam para divorciar, e divorciam para se casar. Qualquer problema é motivo do divórcio. Lembremos que a unica exceção para o divórcio é o adultério - Mt 19.8,9. Chega de concessões e banalidades, atentemos para o que diz as Escrituras! O Deus da aliança odeia o divórico - Ml 2.16

O divórcio jamais deve ser encarado como uma ordenança DIVINA ou uma opção moralmente neutra. Ele é uma evidência clara do pecado, o pecado da dureza de coração.

O Eterno te use para falar a VERDADE!

um abraço, Pr Marcello Oliveira

Gilson disse...

Graça e Paz do Senhor, Pr. Newton.

A dureza de coração continua ainda em nossos dias. Jesus deixou bem claro que o motivo principal do divorcio era este.
Juntando isso com cobiça, soberba e jactancia dá uma salada dos infernos.
O pior é que a cegueira se instala e o andamento da coisa é cada vez pior, cauterizando as mentes, e consequentemente o coração fica cada vez mais duro. Se isso é ruim para um simples membro o que se dirá para um pastor. Será que este conseguira orientar um rebanho com relação as questões várias de nossa vida cotidiana? Deus restaura? Com certeza, mas o caminho ainda é (nunca mudara) contrição e quebrantamento de coração. E Deus julgara estas coisas.

Cleonice Luiza Moreira de Sá disse...

assunto difícil de ser discutido ou até mencionado.É mesmo comum contemplar entre cristãos a prática do divórcio, mesmo sabendo que Deus odeia tal prática.Está na hora de se pregar, falar mais no assunto, denfender o que a biblía preconiza. Fico feliz em saber que ainda tem pessoas que ousa se posicionar em causas como esta.

por falar em divórcio, acabei de postar algo sobre "o marido da mulher virtuosa de provérbios 31", creio que está na hora também de cada conjuge cumprir o seu papele fugir a qualquer custo do divórcio.

A PAZ DO SENHOR IRMÃO!

Cleonice Luiza Moreira de Sá disse...

assunto difícil de se ouvir falar nas igrejas...
É comum presenciar a prática do divórcio entre os cristãos...está na hora de mais pessoas se unirem em favor da palavra de Deus e contrariar esta prática que fere o coração de Deus e de mais um punhado de jente: conjuge, filhos...
Acabei de postar algo sobre "O MARIDO DA MULHER VIRTUOSA DE PROVÉRBIOS 31", pois creio
que a definição dos papeis no casamento faz parte do evitar o divórcio. como cristãos devemos ser exemplo para os demais nos posicionando com a decisão de CASADOS PARA SEMPRE COM O MESMO
COMJUGE ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE!

A PAZ DO SENHOR IRMÃO!

Pr José Fernandes Silva disse...

Pr Newton, Deus tem levantado homens em todas as partes para levantarem ás vozes contra as baixarias que estão sendo realizadas atrás das 'cortinas de ferro' que mui tristemente, se transformou a grande parte das igrejas evangélicas brasileiras.
Deus o abençoe por sua coragem e sabedoria. Deus o use com grande poder e graça.

Pr José Fernandes Silva

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado Gilson,

A Paz do Senhor!

Graças a Deus por sua vida, e pelo seu sentimento. Portanto, mãos à obra e dê o melhor possível a Deus.

Ser exemplo na Palavra, é o mais importante nestes últimos dias.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamada irmã Cleonice,

A Paz do Senhor!

Difícil pelos corações duros. Verdade!

Somo fiçhos de Deus e devemos odiar estas práticas, concordo com você, em se posicionar contra a esta indesejada prática.

Feliz, em saber do seu texto, que o lerei com muita gratidão a Deus.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado pr. José Fernandes,

A Paz do Senhor!

Bom saber, que você, amado pr. José, faz parte destes que estão de pé, com coragem.

O Senhor nos ajude, a não calarmos a nossa boca, e clamarmos com voz forte, ou seja, voz de Trombeta de Deus, por sua tão grande misericórdia e bondade.

O Senhor seja contigo e o use com autoridade sempre!

pr. Newton

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado pr. Marcello de Oliveira,

Shalom!

Grato, por seu comentário, e a firmeza nesta explanação, que completa a minha matéria, e evoca a necessidade de se promover, ou se retomar as práticas corretas à manutenção da Família, com total orientação de Deus, através de sua Palavra.

Forte, a sua palavra sobre o que pensa Deus: "O Deus da Aliança, odeia o Divórcio," - Mal 2.16

É importante, que se renuncie, as facilidades propagadas por muitos, que estão vendidos ao diabo em seus corações em detrimento de uma igreja saudável e viva diante de Deus.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton

João Paulo Mendes disse...

Pr. Newton, a paz do Senhor!

Bom artigo. O relativismo já tem imperado em tantos campos do evangelicalismo que está difícil de identificar os verdadeiros cristãos dentro das igrejas.
Divórcio, penso eu, é algo inegociável, apesar de ser assunto delicado para tantos. Como já foi bem frisado, "O Deus da aliança odeia divórcio", se aqueles que devem dar o exemplo não o fazem; o que resta para os neófitos?

Obs. Obrigado pela participação no post sobre o vídeo do DT, não havia eu atentado para a questão do bailarino como deveria, queria apenas que a canção fosse o foco, mas não vai ser tão fácil atingir o objetivo.
Não vejo necessidade nem fundamentação para os megaeventos gospel, nem coerência nos muitos exageros inseridos nos cultos.

Mas agora já postei, eu poderia ter sido mais criterioso para atingir o alvo.

Abraço.

Robson Silva de Sousa disse...

A Paz do Senhor meu prezado pastor e amigo (virtual por enquanto) Pr. Newton Carpinteiro...

Há um ditado popular que diz: "uma no cravo, outra na ferradura"... Eu prefiro qualificar vosso post como "VÁRIAS NO TORNOZELO!"

Infelizmente há muitos pastores fazendo vista grossa para esse e outros temas "paralelos" por refletir a própria situação... discutir o assunto seria passar a navalha na própria carne.

Tenho um artigo escrito sobre devedores da justiça criminal ocultados (escondidos) sob um "manto evangélico" que não buscam auxílio jurídico, não confessam suas culpas para a liderança da igreja e ainda zombam da Lei, pedindo a Deus que os ocultem das vistas da JUSTIÇA (que por sinal é cega) para se valerem da prescrição do crime em decorrência do tempo. UM ABSURDO!

Breve o irmão poderá vê-lo publicano em nosso blog É LEGAL SER CRENTE...

Parabéns pela coragem e ousadia!

Em Cristo Jesus,

Robson Silva

Ah, em tempo: gostei do selo (rssss)

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado João Paulo,

A Paz do Senhor!

Grato, estou com Deus, por sua vida, e a sua preocupação, em ser humilde, e saber querer o melhor.

O Senhor, está verificando o seu coração, e posso afirmar, que a cada dia você receberá dEle, mais sabedoria, conhecimento e discernimento. Simplesmente porque é o seu desejo.

Nas suas palavras, posso ver a sinceridade em seu coração e o desejo em servi-LO.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado dc. Robson Silva,

A Paz do Senhor! Amigo!

Excelente a sua afirmação para a situação MUDA e SURDA, de muitos pastores: Se gritar, anavalha será passada na própria carne!

Escreva, denuncie, sem medo. Ele, o Senhor, assume a responsabilidade. Afinal, estamos prontos para calar ou para denunciar?

Aguardo o seu novo post, e acabemos com este ABSURDO!

obs.: Este será o primeiro e último SELO. Somente, porque não é de Premiação.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton

José Mário disse...

Pr Newton,
Já há muito tempo tenho me sentido incomodado com a situação mencionada, pois acho que, para o cristão, a palavra "divórcio" deveria ser banida de seu vocabulário, muito mais entre aqueles que conduzem rebanhos!
Paz de Cristo e é bom saber que ainda existem 7mil que não se dobraram diante de baal.
Maranata!!!

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado, José Mario,

A Paz do Senhor com muitas saudades, nestes mais de 15 anos que não nos vemos!

Bom saber do seu caráter e da sua decisão em ser fiel ao Senhor.

É importante o seu apoio, a esta questão, que irá infligir violentas quedas no nosso meio.

Se não anuncirmos agora a necessidade de maior vigilância à igreja ou aos seus líderes, teremos o pior a caminho.

Este mal precisa ser retirado do nosso meio JÁ!

O Senhor seja contigo!

pr. Newton

Pr.D S Acioli disse...

Pr. Newton!!

Meu nobre irmão em Cristo!

O Assunto é pertinente e urge que se tome uma medida de coragem e destemida!

Muitos vem ao altar da igreja para receber as bençãos que impetradas pelo pastor, sobre sua união e que Deus os guarde, etc...etc..

Não raras vezes tenho sido constrangido com apresentações de "esposas" "esposo", com a maior naturalidade, dizem...é não deu certo com a fulana,(o)!!

Qualquer coisa é motivo para trocar a mulher ou homem!

E nós estarrecidos com tamanha contumácia,ficamos em muitos casos num beco sem saida!

Exemplo: Pastor, o senhor tem que me aceitar no seu ministério, porque fulano e sicrano são divorciados e estão por cima da carne seca, pinta e borda, prega em grandes congressos, etc, etc,etc....

Até quando?

Será que o caminho da oração e diálogo com o companheiro (a) não resolveria a situação?

O que tenho visto nisto é egoísmo puro!

No matrimônio há um diferencial quando: Eu penso e ajo para tornar a minha esposa feliz e não exigir que ela me torne feliz!

Pois é dando que se recebe!

Parabéns pelo assunto!

Moralização já!

Pr. Daniel

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado pr. Daniel Acioli,

A Paz do Senhor!

Grato pelo seu comentário e as suas palavras sobre este momento tão difícil de ser encarado pela igreja e seus líderes.

A bem da verdade, é que não se toca mais nesta assunto, e assim, muitos estão caindo no abismo, por não entender a resolução de Deus sobre o Divórcio, algo que se tornou comum à muitos.

Conto com a sua necessária participação a esta Campanha que, certamente irá incomodar a muitos.

Devemos agir JÁ!

Muitas vezes pedimos a Deus algo em especial, e rápidamente dizemos o Amém, muitas vezes durante o ano. Mas, quantas vezes temos ouvido o Amém de Deus, para as nossas atitudes?

Chegou um momento sério na vida dos sérios homens de Deus, e este seráconfrontar este GIGANTE que agride nossas Famílias dentro da igreja.

O Senhor seja contigo, meu nobre irmão em Cristo!

pr. Newton

MINISTÉRIO BATISTA BERÉIA disse...

Pr Newton, parabéns pela coragem de levantar uma campanha como esta. É uma vergonha o que temos visto todos os dias em nossos púlpitos, homens que dizem ser de Deus trocando de esposas como se troca de camisa. E o pior, casam para se divorciar e divorciam para se casar. Na minha cidade tem um que se divorciou e se casou com uma moça mais nova que o seu filho. Mas quando estava para assumir o pastorado estava com a esposa "velha", assim que assumiu, disse que estava se separando e pronto para outros relacionamentos, antes do divórcio sair. Um pastor adúltero! Aonde nós vamos parar?
Em nosso blog alguns dias atrás nós colocamos uma postagem com o título: "pode um homem divorciado der pastor?"
Fique na Paz!!!
Pr Silas