sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Papai Noel existe.

Papai Noel, existe no coração de quem acredita - em um bom velhinho de uniforme vermelho, uma barba longa e branca.

Papai Noel existe, no coração das crianças, que são enganadas, desde o seu entendimento, até o momento, em que começam a discernir, algumas mentiras e fantasias. Criadas pelos adultos!

O ser humano procura sempre caracterizar fantasias em suas criações de bondade ou maldade. O bom velhinho se apresenta sempre de vermelho, e possui sob o seu comando, algumas Renas, que o transportam por todo o Mundo, na distribuição de presentes, por toda uma noite.

A velocidade deve ser incrível. Difícil de acreditar, mas mesmo assim, parece fácil, deixar qualquer criança sem qualquer explicação convicente e de boca bem aberta. As crianças não conhecem distancias, e os presentes são o mais importante.

Eu já fui criança, e ficava abismado, com a tamanha capacidade do bom velhinho.

Parece muito bonito e sentimental! O sentimento bom ou mau, permite a criação de diversas mentiras. Papai Noel é uma delas!

Muitos louvam a Deus durante o ano inteiro, em suas reuniões solenes, mas o bom velhinho –que não existe, possue um espaço, todo especial, nos corações dos adultos e do comércio, na enganação às crianças. E, é vergonha total, quando se verifica fortemente na vida da Família do crente este engano.

O bom velhinho, está tão bem plantado nos corações, que os pais sentem até mesmo culpa, por não declararem aos filhos, que Papai Noel é uma grande mentira, e a mantém durante o momento imaturo dos seus filhos.

Existem os que discutem, se devem ou não, manter esta mentira. Afinal, é somente por um curto espaço de tempo. Acabou o Natal, o bom velhinho será esquecido. E, voltará ao Pólo Norte, onde ele –ohohohohoho- ali vive.

No próximo ano, com toda a sua pompa, muita bondade, e o seu trenó repleto de Renas, estará de volta, para mais um momento todo especial de mentiras. Quem sabe, esta mentira, é uma das muitas mentirinhas brancas na vida do crente.

O inimigo dos crentes, tenta de todas as formas, ocupar o espaço criado, para a comemoração do nascimento de Jesus Cristo, que também é realizado, em data apenas cultural.

O verdadeiro motivo da comemoração, não deve ser, dirigida ao bom velhinho da comemoração natalina, e sim, para o que venceu a morte, e nos deu a Vida Eterna, através do seu sangue derramado, para justificação de nossa salvação e perdão de nossos pecados.

O adulto deixa a mentira do Papai Noel de lado, e continua nas mentiras do cotidiano, que é a continuidade expressiva do ser humano, em sua decadência, desde o pecado de Adão e Eva.

O bom velhinho se veste de vermelho, dentro da mentira, e o nosso Senhor Jesus Cristo, derramou o seu sangue, para nos perdoar os pecados e nos entregar através da sua misericórdia, portanto, existe a possibilidade em escolhermos, a mentira ou a verdade.

É importante que os crentes verdadeiros em Jesus Cristo, tomem as rédeas, não as de um trenó, com algumas renas, mas a da Palavra de Deus, e a demonstrem em suas vidas, como testemunha viva, e esqueçam de dividir a Verdade com um pouco de mentiras.

Tempo de se preparar para o arrebatamento!

O menor de todos os menores.

2 comentários:

Anônimo disse...

ainda bem que existe estas historias para continuarem a encher de fantasias a mente das crianças. elas é que estao bem naquele seu mundinho sem terem de se preocupar com toda a porcaria que anda por aí. existem mentiras que sao boas, esta é uma delas.
que mal tem as crianças viverem a fantasia do natal. nao vivem os cristaoas a fantasia de pensarem que o menino nasceu nas palhinhas, etc etc... se sentem-se felizes entao que vivam nessa sua mentirinha que a muitos toca, tal como o pai natal.
tenho dito!

Pr. Newton disse...

Caro Anônimo,

Parabéns pelo seu e-mail.

Em poucas palavras:

Jesus veio ao mundo para perdoar pecados, para salvar, para regenerar vidas, e principalmente para os que sentem fome e sêde de justiça. Creio que este não é o seu caso.

Deus te proteja!

pr. Newton